domingo, fevereiro 16, 2020

A Luz do seguro: Fenacor 50 anos

Meio século se passou. A sociedade e o mundo mudaram. Mas há uma figura que continua sendo de extrema importância no elo da população e o mercado segurador: o corretor

O que podemos aprender com a tragédia de Brumadinho?

E como o seguro ambiental se situa neste contexto? Walter Polido*

A vida em primeiro lugar

Brasileiro despertou sobre a importância de ser previdente; arrecadação do segmento de Vida de janeiro a dezembro de 2018 foi R$ 5 bilhões superior ao de Automóvel

Saúde suplementar é parte da solução

Oferta segmentada de cobertura ampliará o acesso a saúde suplementar, que é um dos maiores desejos da população, adequando os preços a perfis específicos de usuários

Reforma política coloca o benefício da previdência em pauta

56% das empresas já oferecem aos funcionários opções de planos de previdência complementar

A vez da previdência privada com a reforma no novo governo

Participação do setor de seguros, que está otimista, será indispensável para garantir o futuro da sociedade

Reforma da Previdência: um dos debates mais atrasados da história

Queda da taxa de fecundidade e aumento da expectativa de vida expõem que Brasil está pelo menos 30 anos atrasado

A união da tecnologia e a experiência no combate às fraudes de seguros

Entre principais ingredientes para a prática da fraude no seguro estão a falta de bons controles internos e de mecanismos de avaliação de riscos por parte das seguradoras

A tecnologia como vetor para ampliação da atuação dos corretores

Cenário atual do mercado serve para mostrar o potencial que os corretores podem alcançar ao expandir sua atuação para segmentos além dos mais populares

Ser CEO vai muito além de um bonito cartão de visitas

Alta responsabilidade implica em solidão. Cada decisão, neste estágio, é um passo adiante que pode levar à realização de um sonho ou à sentença de morte