10/08/2022

Chubb registra lucro operacional recorde no segundo trimestre

A empresa registrou um lucro líquido de US$ 1,22 bilhão contra US$ 2,27 bilhões no ano anterior. Além disso, os prêmios retidos consolidados cresceram 7,9%
chubb

A Chubb divulgou hoje, 01 de agosto, o lucro líquido do trimestre encerrado em 30 de junho de 2022 de US$ 1,22 bilhão, ou US$ 2,86 por ação, e lucro operacional de US$ 1,79 bilhão, ou US$ 4,20 por ação. O lucro líquido no trimestre foi impactado negativamente pela realização de perdas de US$ 565 milhões após impostos, principalmente devido ao impacto da marcação a mercado de títulos privados e públicos e de vendas de títulos de renda fixa. O índice combinado de P&C foi de 84% comparado a 85,5% no ano anterior, e o índice combinado de P&C do ano atual excluindo perdas por catástrofe foi de 83,5% comparado a 85,4% no ano anterior.

Resumo do 2º Trimestre (em milhões de dólares, exceto valores por ação e índices)

(Por Ação)
 20222021Var. 20222021Var.
Lucro líquido$1.215$2.265(46,4)% $2,86$5,06(43,5)%
Despesas de integração da Cigna, líquidas de impostos2NM 0,01NM
Amortização de ajuste de valor justo de investida adquirida      ativos e dívida de longo prazo, líquidos de impostos 5 14 (64,3)%  0,01 0,03 (66,7)%
Perdas (ganhos) líquidas ajustadas, líquidas de impostos565(658)NM 1,32(1,47)NM
Lucro operacional, líquido de impostos$1.,787$1.62110,3% $4,20$3,6216,0%
        
Retorno sobre o patrimônio líquido (ROE) anualizado9,0%15,2%     
Lucro operacional sobre o patrimônio tangível (ROTE)18,6%17,7%     
ROE operacional12,4%11,5%    

Nos seis meses encerrados em 30 de junho de 2022, o lucro líquido da Chubb foi de US$ 3,19 bilhões, ou US$ 7,46 por ação, e o lucro operacional foi de US$ 3,43 bilhões, ou US$ 8,01 por ação. O índice combinado de P&C foi de 84,2%, comparado a 88,6% no ano anterior, e o índice combinado de P&C do ano atual excluindo perdas por catástrofe foi de 83,5%, comparado a 85,3% do ano anterior.

(Por Ação)
 20222021Var. 20222021Var.
Lucro líquido$3.189$4.565(30,1)% $7,46$10,13(26,4)%
Despesas de integração da Cigna, líquidas de impostos2NM 0,01NM
Amortização de ajuste de valor justo de investida adquirida      ativos e dívida de longo prazo, líquidos de impostos 14 30 (53,3)%  0,03 0,07 (57,1)%
Perdas (ganhos) líquidas ajustadas, líquidas de impostos222(1.832)NM 0,51(4,07)NM
Lucro operacional, líquido de impostos$3.427$2.76324,0% $8,01$6,1330,7%
        
Retorno sobre o patrimônio líquido (ROE) anualizado11,5%15,3%     
Lucro operacional sobre o patrimônio tangível (RO)18,0%15,4%     
ROE operacional11,9%9,9%   

Para os seis meses encerrados em 30 de junho de 2022 e 2021, as despesas fiscais (deduções) relacionadas à tabela acima foram de US$ (1) milhão e zero, respectivamente, para despesas de integração da Cigna; US$(6) milhões e US$(8) milhões para amortização de ajuste de valor justo de ativos investidos adquiridos e dívida de longo prazo; US$(62) milhões e US$149 milhões, respectivamente, para ganhos e perdas realizados líquidos ajustados; e US$ 717 milhões e US$ 514 milhões, respectivamente, para lucro operacional.

Evan Greenberg, presidente e CEO da Chubb Limited, comenta: “Tivemos um trimestre excelente que reflete o forte momento em nossa empresa: lucros operacionais recordes, resultados de subscrição e em investimento e crescimento de receita de dois dígitos em dólares constantes”. O lucro operacional por ação foi de US$ 4,20, um aumento de 16%; A receita de subscrição de P&C atingiu US$ 1,4 bilhão, um aumento de mais de 21%, com um índice combinado de 84%; e o lucro líquido ajustado do investimento foi de US$ 950 milhões.

“Os prêmios totais de P&C globalmente cresceram 11% em dólares constantes, com aumento de 12% nas linhas comerciais e de 8% na de produtos pessoais, embora o crescimento publicado tenha sido impactado pelos ‘ventos contrários’ da força do dólar. As alterações dos preços de produtos de P&C comerciais permaneceram fortes e superaram tanto os atuais sinistros quanto os projetados para o futuro”, diz o executivo. Os prêmios comerciais da Chubb aumentaram 12,5% na América do Norte, ou 8,7% excluindo agricultura, e 13% em nossas operações internacionais em dólares constantes. Do lado das linhas pessoais, as operações internacionais continuaram a ganhar impulso, com um crescimento constante do dólares de 11,6%, enquanto o negócio com foco em clientes com patrimônios elevados nos EUA cresceu 4,7% devido ao recorde de novos negócios e preços fortes.

“Estamos otimistas sobre as perspectivas futuras, enquanto permanecemos atentos ao mundo ao nosso redor. Estamos nos negócios de riscos. Nosso momento e poder de ganho são fortes, alavancados pelo crescimento de P&C comercial e pelos preços de seguros que permanecem muito bons; aumento da receita de investimento, devido a taxas crescentes e forte fluxo de caixa; acelerando o crescimento das linhas pessoais globalmente; e receitas e lucros da empresa de vida que se beneficiarão da adição dos negócios da Cigna na Ásia. Juntos, eles continuarão a impulsionar o forte crescimento dos resultados por ação”, ressalta Greenberg.

N.F.
Revista Apólice