14/08/2022

Focando na distribuição de seguros, Wiz e Polishop formam joint venture

Através da parceria, que envolve um aporte de R$ 50 milhões, a corretora terá exclusividade para vender seus produtos nos canais da varejista
polishop
João Appolinário e Heverton Peixoto (FOTO: Renato Pizzutto)

EXCLUSIVO – A Wiz Soluções e a Polishop estão expandindo seus negócios através de uma joint venture: a Polishop Seguros. O acordo prevê, inicialmente, ações para impulsionar a comercialização da garantia estendida e compra protegida dos produtos nas lojas físicas e e-commerce da varejista, além dos marketplaces e sua rede de empreendedores. A nova empresa terá exclusividade para operar no balcão da varejista por 10 anos. A previsão é de que futuramente outros seguros, e até mesmo opções de consórcios, sejam disponibilizados.

Segundo o fato relevante divulgado pelas empresas, a composição societária da nova companhia será de 50% Wiz e 50% Polishop. Para tanto, a varejista receberá, ao todo, um montante em torno de R$ 50 milhões, sendo uma parcela fixa de R$ 20 milhões paga após a conclusão das condições precedentes e um somatório de R$ 30 milhões pago em três parcelas anuais variáveis, vinculadas ao atingimento de metas da joint venture nos exercícios entre 2024 e 2026, que podem chegar a totalizar R$ 51 milhões, em caso de superação das metas previamente acordadas. A operação está sujeita à aprovação do CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica).

Em uma coletiva de imprensa realizada na manhã dessa terça-feira, 7 de junho, o CEO e fundador da Polishop, João Appolinário, afirmou que um dos principais diferenciais da join venture é o histórico de tecnologia e inovação das duas empresas. “Buscamos por muito tempo parceiros que tem em seu DNA aquilo que oferecemos há anos: produtos e serviços inovadores. E foi isso que encontramos na Wiz. Trabalhamos essa ideia por muitos meses até chegar aqui e queremos proporcionar uma experiência diferente para o nosso consumidor, oferecendo diversos benefícios”.

A oferta de seguros será em caráter omnichannel, apostando na audiência da Polishop TV e nas redes sociais da varejista, que já atraem 50 milhões de pessoas. Neste começo, a operação terá como foco a atuação nas lojas físicas e a construção da experiência de venda no e-commerce da Polishop. “São canais com forte potencial e que terão soluções adicionais para assegurar a proteção dos bens adquiridos por nossos consumidores”, disse o executivo.

O Conselho de Administração da joint venture será formado por três membros, sendo dois deles sendo indicados por cada uma das empresas e o outro um conselheiro independente, que será escolhido em comum acordo.

A Wiz ressaltou que a aquisição é estratégica, pois esta ́alinhada à visão de crescimento da empresa no contexto de ampliação e diversificação dos resultados em suas operações. “Temos muito clara a estratégia de diversificar os negócios e os parceiros. Hoje ingressamos em um novo patamar, na construção de um relacionamento muito próspero e que tem como foco aumentar o grau de satisfação dos clientes da Polishop. A parceria possui oportunidades de sinergia e geração de resultados, alinhando a expertise das partes e suas perspectivas de crescimento e usando a tecnologia como potencializadora dos negócios”, afirmou Heverton Peixoto, CEO da corretora.

Nicole Fraga
Revista Apólice