15/08/2022

Bradesco amplia cobertura internacional no seguro viagem do plano Nacional

Novas contratações do plano de saúde Nacional passam a contar com um novo seguro-viagem, com assistência ampliada para os beneficiários que precisarem de atendimento fora do país
seguro

O mês das férias chega com novidades para beneficiários da Bradesco Saúde. A partir de amanhã, dia 1º de julho, as novas contratações do plano de saúde Nacional passam a contar com um novo seguro viagem, um dos atrativos do produto, com assistência ampliada para os beneficiários que precisarem de atendimento fora do país.

São mais de 15 coberturas, dentre as quais destacam-se despesas médico-hospitalares, emergências dentárias, perda de bagagem, custeio de estadia para acompanhantes em caso de urgência médica, orientação jurídica e outros serviços para deixar a viagem do beneficiário mais tranquila.

O valor disponível de cobertura para atendimento médico e hospitalar passará a ser de até € 30 mil em países signatários do Tratado de Schengen, acordo de abertura de fronteiras e livre circulação de pessoas, que engloba mais de 20 nações*. Para os demais destinos, o valor passa a ser de US$ 10 mil.

Outra novidade é que o produto passa a amparar, também, os casos de Covid-19 dentro da cobertura de Despesas Médicas, Hospitalares e Odontológicas.

As condições representam relevante evolução do produto, com ampliações importantes em relação à versão anterior.

“Estamos constantemente aprimorando nossos produtos. Com a retomada das viagens internacionais e as novas necessidades de proteção, ampliamos valores das coberturas, para garantir o cuidado do beneficiário em todos os momentos e ajudá-lo a evitar despesas não planejadas fora do país, como gastos médicos. O objetivo é proporcionar a ele toda a tranquilidade durante a viagem, para que ele possa aproveitar o destino”, comenta Flávio Bitter, diretor-gerente da Bradesco Saúde.

Veja mais informações sobre o produto no link.

N.F.
Revista Apólice

*Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Hungria, Islândia, Itália, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Noruega, Polônia, Países Baixos (Holanda), Portugal, República Checa, Suécia e Suíça.