14/08/2022

Mercado deve aproveitar oportunidade para vender planos e assistências para pets

Aproveitando o amor dos brasileiros pelos bichos de estimação, setor de seguros passa a oferecer coberturas que disponibilizam diversos serviços para cães e gatos
pet

EXCLUSIVO – Não é novidade que o mercado pet vem crescendo. De acordo com dados da Abinpet (Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação), no Brasil existem mais de 55 milhões de cães e quase 25 milhões de gatos, números que nos coloca no 3º lugar no ranking mundial de países com maior população total de pets. Um levantamento do Instituto Pet apontou que o faturamento do setor de produtos, serviços e comércio de animais de estimação cresceu 27% em 2021 ante 2020, alcançando R$ 51,7 bilhões.

Além da expansão do faturamento do segmento, ONGs e protetores dos animais afirmam que a procura por adoção de cães e gatos teve um aumento de até 50% nos primeiros meses de pandemia. Aproveitando o amor dos brasileiros pelos bichinhos, algumas empresas do mercado de seguros passaram a oferecer assistências voltadas para os animais dos seus clientes.

Na Ciclic, por exemplo, o Saúde Pet prevê cobertura para consultas de rotina, com especialistas e emergenciais; exames laboratoriais básicos e complexos, de imagem e cardiológicos; cirurgia e internação; reembolso para usar a clínica de preferência fora da rede credenciada; cobertura nacional; e hotel e transporte para o pet.

“Consideramos os animais de estimação membros da família e grandes companheiros. Por isso, nada mais justo do que deixar o nosso ciclo de proteção completo com uma assistência dedicada para os pets. Com esse benefício, que é semelhante às assistências à saúde para seres humanos, a pessoa pode escolher qual dos três planos mais se encaixa com as necessidades do seu cão ou gato, de acordo com as coberturas de cada um, além de evitar custos inesperados no veterinário”, diz Bruna Melo, Chief Operating Officer da empresa.

A Youse também oferece a Assistência Cão e Gato entre as coberturas disponíveis no seguro residencial e no seguro de vida da insurtech. São 14 serviços atrelados à assistência, abrangendo desde os cuidados cotidianos dos pets até aqueles mais complexos. Um deles é o transporte do animal, no qual um profissional credenciado da empresa pode levar ou buscar o bicho em clínicas, hotéis e banho e tosa. O cliente pode contratar essa assistência por mais R$ 14 na mensalidade da apólice.

Para Uribe Teófilo, gerente de produtos da empresa, esse é um serviço bastante utilizado exatamente por oferecer uma gama de serviços que, se pagos individualmente, demandariam um gasto maior. “Ao contratar um seguro e contar assistência para seus bichinhos de estimação, donos e tutores enxergam o valor agregado nesta cobertura, uma vez que traz facilidade ao oferecer uma ampla rede de bons profissionais e serviços”, afirma.

Para quem não deseja contratar um seguro, mas quer proteger seu pet, há também a opção de adquirir um plano de saúde para o bichinho. A Porto.Pet possui soluções para o cliente final e planos empresariais.

O cliente pode contratar os planos através dos corretores parceiros, contando com três opções de produtos com coberturas que vão desde consultas, vacinas, exames laboratoriais de imagem, cirurgias, internações e também tratamentos complementares, como fisioterapia e acupuntura, além do acesso a uma rede premium de atendimento.

Já nos planos empresariais, são quatro opções de produtos com as mesmas coberturas citadas acima, e os RH’s podem escolher entre três modalidades de planos. Há o 100% subsidiado pela empresa, que possui zero carência para um grupo de procedimentos; o de compartilhamento de custo, no qual o valor do plano é dividido entre a empresa e colaborador; e os planos disponíveis no worksite da Petlove, que funciona através do workspace da organização. Na companhia, todos os funcionários possuem plano de saúde para seus pets.

Fabiano Lima, CEO da unidade de saúde da Petlove, ressalta que esse crescimento do mercado pet é uma ótima oportunidade para os corretores de seguros ofertarem o produto para os seus segurados. “O plano de saúde pet é um grande diferencial no relacionamento do corretor com seus clientes, pois gera valor, humaniza as relações e fideliza a carteira. São 80 milhões de cães e gatos no Brasil e pesquisas apontam que apenas 0,15% desses bichinhos possuem um plano de saúde. Um setor novo, com amplo espaço para crescimento, é a combinação perfeita para fechar mais negócios”.

Nicole Fraga
Revista Apólice