14/08/2022

Mercado de seguro viagem supera patamar pré-pandemia no 1º bimestre

Dados da Susep mostram que as contratações desse tipo de seguro chegaram a R$ 111 milhões nos dois primeiros meses deste ano
voos

O mercado de seguro viagem iniciou 2022 com grande crescimento em suas vendas e já superou o patamar pré-pandemia de Covid-19. Dados da Susep (Superintendência de Seguros Privados), vinculada ao Ministério da Economia, mostram que as contratações desse tipo de seguro chegaram a R$ 111 milhões nos dois primeiros meses deste ano.

Em termos nominais (sem descontar a inflação), o volume é três vezes maior do que o comercializado no 1º bimestre de 2021 (alta de 200%). Em valores reais (já descontada a inflação), o crescimento chega a 172%.

O resultado deste ano também supera (em termos reais) o patamar de vendas registrado no 1º bimestre de 2020, período pré-pandemia, em 7%.

Os dados mostram que, apesar da onda da variante ômicron no início de 2022, houve uma retomada do turismo depois de meses de pandemia de Covid-19, que afetou bastante o setor de viagens.

Segundo a Fenaprevi (Federação Nacional de Previdência Privada e Vida), que representa as empresas do setor, o segmento de seguros viagem foi o que mais cresceu entre todos os que comercializam planos de risco para pessoas.

Apenas como comparação, o segundo lugar entre os segmentos com maior crescimento no período ficou com o seguro para doenças graves/terminais, que teve alta de apenas 25% (em termos nominais). Os seguros de vida individuais aparecem em terceiro lugar, com alta de 24%.

Para Marilberto França, CEO da Affinity, empresa especializada em seguro viagem, a expectativa é que essa tendência se mantenha ao longo de 2022, com resultados além dos patamares pré-pandemia.

“Estamos otimistas, acreditando que essa retomada veio para ficar. De fato a procura pelo seguro viagem cresceu bastante nos últimos meses. Com a pandemia, os brasileiros passaram a considerá-lo um item essencial em qualquer planejamento de viagem”, afirma.

Para atender a alta na demanda, a Affinity segue desenvolvendo planos de acordo com as necessidades dos viajantes. “Estamos sempre atentos ao que o brasileiro busca e teremos um segundo semestre repleto de lançamentos”, diz França.

N.F.
Revista Apólice