05/07/2022

Brasilseg investe na formação profissional de jovens de baixa renda

O Programa Juventude e Trabalho apoiará a formação de 120 jovens de baixa renda e sua inserção no mercado de trabalho
liberty

A Brasilseg, em parceria com o Projeto Arrastão, organização sem fins lucrativos que visa o acolhimento de famílias da região do Campo Limpo, na zona sul da capital paulista, apresentou o Programa Juventude e Trabalho, que apoiará a formação de 120 jovens de baixa renda e sua inserção no mercado de trabalho.

Aderindo à estratégia e às diretrizes de ASG da empresa, o programa contará com a inscrição de seus colaboradores para participarem e apoiarem o desenvolvimento dos adolescentes.

O Juventude e Trabalho será composto por oito encontros, online e presenciais, com turmas matutinas e vespertinas. Nos encontros, mentores do Projeto Arrastão e voluntários da Brasilseg ofertarão uma grade curricular educacional que conta com conteúdo de orientação para o mercado, dicas de comportamento no ambiente de trabalho, gerenciamento de redes sociais, ferramentas do Google e pacote Office, conhecimentos em seguros, poupança, empreendedorismo pessoal, Estatuto da Juventude e outros temas que são importantes para o crescimento pessoal e profissional dos jovens.

O primeiro semestre de curso teve seu início no começo de abril, e será concluído em junho. Já o segundo começa em agosto e termina em novembro.

Além dos encontros, o programa conta com outras quatro reuniões online e individuais com os jovens participantes, exclusivas para desenvolvimento curricular.

“Como seguradora, entendemos a importância de cuidar das pessoas e é com isso em mente que, por meio da parceria com o Projeto Arrastão, vamos nos dedicar intensamente para realizar ações que possam gerar oportunidades aos nossos jovens. A parceria será essencial para colocá-los em contato com uma grade curricular que os apoie na conquista do primeiro emprego e seja o início de um futuro promissor”, diz Rogério Idino, presidente da Brasilseg, uma empresa BB Seguros.

Ao final de cada semestre, a Brasilseg terá um banco de currículos de candidatos a Jovem Aprendiz, para assim continuar a contribuir com sua formação e capacitação.

N.F.
Revista Apólice