14/08/2022

Mercado de seguros arrecada R$ 12,1 bilhões em fevereiro

Boletim IRB+Mercado mostra que o índice de sinistralidade registrou aumento de 12,7 pontos percentuais na comparação com fevereiro de 2021
indenizações

A 18ª edição do Boletim IRB+Mercado, relatório mensal da plataforma IRB+Inteligência, mostra que, em fevereiro, o setor de seguros arrecadou R$ 12,1 bilhões, resultado 20,6% superior ao mesmo mês do ano passado. Os destaques são os segmentos Automóvel, que faturou R$ 627 milhões a mais que em fevereiro de 2021, e Rural, com a maior variação positiva: 98,1%. Já na comparação entre fevereiro e janeiro desse ano, o mercado registrou queda de 3,8%, impactado, principalmente, por Corporativos de Danos e Responsabilidades, que recuou 19,9%.

No acumulado de 2022, o setor de seguros variou positivamente 17,3%, com faturamento de R$ 24,7 bilhões. É a melhor evolução alcançada desde o início da série histórica, em 2014, e corresponde a R$ 3,7 bilhões a mais em prêmio emitido em comparação ao mesmo bimestre de 2021. Todos os segmentos tiveram incremento no período, com exceção do Individual Contra Danos, que recuou 3,3%.

Em fevereiro, o índice de sinistralidade registrou aumento de 12,7 pontos percentuais (p.p.) na comparação com o mesmo mês de 2021. Já no primeiro bimestre de 2022, o índice cresceu 20,6 p.p. em relação à taxa registrada em igual período do ano passado. A alta na sinistralidade permanece sendo impulsionada pelo segmento Rural, que representa 32,7% do total dos sinistros ocorridos em 2022.

Por segmento, Vida cresceu, em fevereiro, 12,7% frente ao segundo mês de 2021, com faturamento de R$ 4,2 bilhões. Já no primeiro bimestre de 2022, o segmento avançou 9,8%, representando alta de R$ 743 milhões, e com quase 34% de participação no mercado. Automóvel somou R$ 3,3 bilhões e cresceu 23,3% na comparação com fevereiro do ano passado. No acumulado, subiu 21,5%, com faturamento de R$ 1,2 bilhão a mais em relação ao mesmo período de 2021.

O segmento de Danos e Responsabilidades faturou R$ 2,2 bilhões em fevereiro (+17,9%). No bimestre, cresceu 13,8%. Individuais contra Danos somou R$ 1 bilhão em fevereiro (+ 6,1%). O progresso do segmento teve como principal fator o avanço promovido pela linha Compreensivo Residencial, que cresceu 12,8%. Rural registrou variação positiva de 98,1%, nível ainda não observado desde 2014. No total, foram R$ 922 milhões arrecadados. No ano, o avanço foi de 104,2%. Por fim, Crédito e Garantia obteve, em fevereiro, arrecadação de R$ 439 milhões (+34,6%). Foi a segunda maior variação, atrás somente de Rural. No primeiro bimestre do ano, cresceu 36%.

O Boletim IRB+Mercado resume as operações de seguros a partir dos dados públicos disponibilizados pela Susep em 11/04, considerando os seguros de danos, responsabilidades e pessoas. A edição também lista os cinco maiores grupos seguradores por linha de negócios. A análise está disponível, na íntegra, no site do IRB Brasil RE. No mesmo endereço, o Dashboard IRB+Mercado Segurador permite consulta dinâmica e gratuita às informações de todo o setor.

N.F.
Revista Apólice