10/08/2022

MDS relança cartilha com dicas para retorno ao trabalho presencial

Elaborado por uma equipe de especialistas, o material contempla protocolos, orientações e dicas de boas práticas para o bem-estar e a segurança dos colaboradores
mds
Paulo Loureiro

Com o avanço da vacinação contra a Covid-19 e a flexibilização das restrições, que colaboram para o avanço da retomada do trabalho presencial, a MDS Brasil relançou o material “Um novo normal para todos: Protocolo de Orientação para Retorno ao Trabalho”. Trata-se de uma cartilha 100% desenvolvida pelo Comitê de Saúde da empresa, com apoio das áreas Médica, Business Intelligence, RH e Marketing, que traz um conteúdo bastante completo sobre boas práticas para o retorno ao escritório e os cuidados com a saúde nos dias de hoje.

O documento, que teve sua primeira versão disponibilizada em 2020, foi atualizado com base no momento presente de enfrentamento da pandemia e contempla informações importantes, como: Modelo de Protocolos para o retorno à empresa; Diretrizes e Planos de Segurança; Vírus; Variantes e Imunização; Dicas de Proteção Individual e Coletiva, Atenção Primária; Análise de Preditiva e Canais Abertos de Diálogo; e Monitoramento de Casos Suspeitos de Contaminação.

Para acessar o conteúdo, basta acessar o link.

De acordo com Paulo Loureiro, vice-presidente da área de Saúde e Benefícios da MDS Brasil, o período pandêmico foi desafiador, mas também de muita inovação e aceleração tecnológica. “Pensando no bem-estar e saúde dos nossos colaboradores, a empresa seus funcionários, em tempo recorde, para o formato home office e continuou oferecendo o melhor atendimento e soluções para os seus parceiros e clientes. Agora, no entanto, chegou a hora de se preparar para voltar às atividades presenciais e, nesse sentido, a cartilha é uma ferramenta importante de informação no combate às fake news e no controle da ansiedade e desconfiança dos funcionários”, afirma.

As orientações contidas na cartilha são pautadas em dados e fatos liberados por instituições fidedignas e reconhecidas em solo nacional. Levou-se em consideração, por exemplo, os indicadores do Conselho Nacional de Secretários de Saúde, que aponta uma média de mortes em queda em grande parte do país, além da porcentagem de mais de 80% da população brasileira com o ciclo vacinal completo. Levantamentos como esse fazem o Ministério da Saúde avaliar uma possível evolução da pandemia para endemia, termo usado para caracterizar doenças típicas, que se manifestam de forma recorrente em uma determinada região, mas para as quais a população e os serviços de saúde já estão preparados.

“Em um momento como o atual, no qual os efeitos da Covid-19 ainda causam preocupação, qualquer informação equivocada pode ter efeito direto na saúde e na segurança das pessoas. Por isso, a cartilha surge com a função de concentrar direcionamentos e materiais de apoio e cria uma visão macro acerca de todo o cenário. Esta é mais uma forma que encontramos de disseminar informações e conteúdos que promovam o bem-estar”, explica o Dr. Claudio José Albuquerque, Diretor Médico da MDS Brasil.

N.F.
Revista Apólice