10/08/2022

Icatu inicia aportes de Previdência via Pix

Modalidade de pagamento já está disponível para clientes através do site. No primeiro mês de operação, a empresa apurou o ticket médio das transações em R$ 2 mil
ezze

A Icatu passou a adotar o Pix como uma das formas de pagamento para aportes esporádicos de Previdência, iniciativa inédita no mercado segurador. No primeiro mês de operação, a empresa apurou o ticket médio das transações em R$ 2 mil, mais que o dobro do valor referência que o Banco Central divulgou quando o sistema completou um ano de operação no país, em novembro de 2020.

“Na Icatu, estamos sempre em busca de trazer não só os melhores produtos, mas também os melhores serviços para nossos clientes. Com o Pix, o aporte é efetuado de forma totalmente digital e a confirmação do pagamento ocorre quase que instantaneamente. Esse tipo de agilidade e praticidade faz toda diferença na experiência final do cliente”, explica o diretor de Produtos de Previdência da companhia, Henrique Diniz. Atualmente, os clientes de Previdência também dispõem de boleto bancário e débito em conta como opção de pagamento para aportes esporádicos.

A operação de Previdência com pagamentos via Pix é a primeira experiência da seguradora com o sistema de pagamento instantâneo lançado pelo Banco Central em novembro de 2020. “Cada vez mais, as pessoas querem soluções que sejam acessíveis e eficientes, não apenas em questão de valor financeiro, mas de tecnologia e experiência. Por isso, entendemos a importância de estarmos atentos às necessidades do público final, além de pensarmos em produtos que atendam a perfis diversos. Hoje, a empresa possui o mais diversificado marketplace de previdência do país, com mais de 390 fundos e mais de 130 gestores renomados em diferentes canais de distribuição à escolha do cliente.”, revela Diniz.

No primeiro mês de operação com o Pix, os valores das transações feitas por clientes da Icatu variaram de R$ 100 a até R$ 50 mil, o que revela o perfil altamente democrático e acessível da ferramenta a diferentes públicos. Os números indicam que o consumidor, cada vez mais, valoriza sua autonomia e busca por praticidade e rapidez. “Ao olhar o mercado, vimos que a solução do Pix possuiria uma adesão maior para esse público digital que exige praticidade, agilidade e instantaneidade no momento do aporte. O cliente não quer mais ter que esperar um ou mais dias para ver a sua contribuição de previdência no seu extrato. Com o Pix, essa necessidade do cliente é suprida de forma imediata.”, acrescenta o diretor de Produtos de Previdência da Icatu. Enquanto um pagamento via boleto pode exigir até dois dias úteis para a confirmação da operação pelo banco, através do Pix o pagamento é instantâneo.

Em pouco mais de um ano de sua operação no país, o Pix se tornou uma das formas preferidas de pagamento dos brasileiros – e concorre, em tese, com o pagamento em dinheiro e cartão de débito. Somente no ano passado, cerca de 9,5 bilhões de transações foram liquidadas através de Pix, diz o Bacen. Até o final do ano passado, os números oficiais divulgados pelo Banco Central indicam que mais de 117 milhões de brasileiros possuíam a chave Pix cadastrada.

N.F.
Revista Apólice