05/07/2022

Dois anos de pandemia: Os desafios da Síndrome Pós-Covid

Dr. Stephan Sperling, da rede Meu Doutor Novamed, destaca a importância do cuidado integrado e do atendimento multidisciplinar na recuperação do paciente
covid

A cada cinco infectados pelo SARS-CoV-2, pelo menos um apresenta a síndrome pós-covid, segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde). A entidade estima que os sintomas da Covid longa se prolongam em até três meses após a infecção, sendo as principais manifestações a fadiga, a falta de ar e a disfunção cognitiva.

O atendimento de ponta-a-ponta, com o cuidado integrado e multidisciplinar, é fundamental na recuperação do paciente acometido pela covid longa, ressalta o médico de Família e Comunidade da rede de clínicas Meu Doutor Novamed, Dr. Stephan Sperling.

A síndrome pós-covid está associada a outros diversos tipos de danos, entre eles os motores e psicológicos, e caracteriza-se pela persistência de sintomas em pacientes que conviveram com infecção aguda pelo SARS-CoV-2. O especialista destaca a importância do atendimento integrado para impedir a perda de autonomia na realização de atividades cotidianas, bem como para a promoção da qualidade de vida daqueles que sofrem diante dos sintomas persistentes.

“Nesse sentido, intervenções multidisciplinares são indispensáveis, pois abrangem desde o fortalecimento osteomuscular e fisioterapia respiratória, especificamente para pacientes que precisam de reabilitação pós-hospitalização prolongada, ou que foram submetidos a medidas intensivas, até o segmento psicoterapêutico, por conta da alteração psicodinâmica que esse cenário impõe para o paciente”, detalha o médico de família.

Na linha de frente no atendimento aos pacientes, o Dr. Sperling destaca o cenário dentro da rede Meu Doutor Novamed: “Em nossa prática, observamos a ampla necessidade de fisioterapeutas, fonoaudiólogos, psicólogos. Particularmente nos ambulatórios da Novamed, por exemplo, temos acompanhado pacientes com anosmia (perda total de olfato), mesmo após treinamento olfatório. Assim como pacientes fadigados e com dificuldades de retornar às atividades costumeiras também têm se apresentado, sendo um desafio a mais para um cuidado multidisciplinar”.

Com um modelo de atuação que visa o cuidado integral do paciente, o objetivo da rede é fazer todo o acompanhamento e tratamento, com enfoque no reestabelecimento total da saúde do paciente. Para aqueles que precisam de acompanhamento pós-Covid, a Meu Doutor Novamed desenvolveu o Programa Pós-Covid-19, com atendimento especializado. A iniciativa conta com oito clínicas que foram adaptadas e ganharam espaços e equipamentos de fisioterapia, RPG e fonoaudiologia dedicados ao tratamento do pós-Covid. Já está disponível em São Paulo (nas unidades Paulista, Guarulhos e Osasco) e em breve chegará a Rio de Janeiro (Centro, Botafogo e Méier), Porto Alegre e Curitiba.

Cuidados com as crianças

Segundo o estudo do Instituto da Criança do Hospital das Clínicas de São Paulo, quatro em cada dez crianças e adolescentes continuam sofrendo efeitos prolongados da covid até 3 meses seguintes à infecção. De acordo com o Dr. Sperling, pacientes pediátricos comumente apresentam os mesmos sintomas dos pacientes adultos, vindo até mesmo a se comportar de forma assintomática.

O médico destaca que, tão importante quanto os sintomas, é importante estar atento também ao cenário clínico das crianças. Para isso, Dr. Sperling lista cinco pontos de atenção, que devem ser observados em crianças e adolescente que foram acometidos pela doença. São eles:

– Manchas avermelhadas na pele
– Falta de ar
– Evidências de desidratação
– Má alimentação
-Mudanças visíveis ao padrão de comportamento

Segundo o clínico da rede Meu Doutor Novamed, crianças menores de 2 anos de idade podem desenvolver condições clínicas mais graves. Mesmo que outros sintomas como tosse, obstrução nasal e manchas não estejam presentes, elas merecem atenção redobrada.

N.F.
Revista Apólice