14/08/2022

Câncer de mama e outras doenças são indenizadas pelo seguro de vida

A Seguralta aproveita o mês de março para estimular a participação das mulheres no controle do câncer de mama
saúde

O câncer de mama é a doença mais presente em mulheres no mundo, é também a primeira causa de morte por câncer em mulheres no Brasil. A incidência e a mortalidade tendem a crescer progressivamente a partir dos 40 anos (INCA, 2019) mas um estudo da Organização Mundial da Saúde (OMS) mostra que mundialmente, a doença é o que mais mata mulheres na faixa de 20 aos 59 anos.

No Brasil, o câncer de mama está presente em todas as regiões, com taxas mais elevadas em regiões mais desenvolvidas como Sul e Sudeste e a menor é observada na região Norte. Para 2022, o Instituto Nacional do Câncer aponta que haverá 66.280 novos casos de mulheres com câncer de mama. Esse valor corresponde a um risco estimado de 61,61 casos novos a cada 100 mil mulheres.

O tratamento para a doença existe e o Ministério da Saúde oferece atendimento por meio do SUS (Sistema Único de Saúde). Além da prevenção, existem outras maneiras da mulher se precaver. Uma delas é através da contratação de um seguro de vida.

A Seguralta aproveitou o mês de março onde é celebrado o dia internacional da mulher para estimular a participação da população no controle do câncer de mama e para mostrar os benefícios do seguro “Vida Mais Mulher”, que garante cobertura para o tratamento da doença.

O seguro foi criado para dar mais tranquilidade às mulheres que precisam enfrentar este difícil momento da vida. Além de receber uma indenização para o tratamento, cujo valor também pode ser utilizado de outras maneiras, a segurada conta ainda com uma segunda avaliação médica e dispõe de ampla assistência 24h em viagens. O capital segurado pode ser de até R$ 500 mil, dependendo da cobertura escolhida, sendo a de diagnóstico de câncer limitada a 50% do capital da cobertura básica.

A indenização também é garantida para invalidez permanente total ou parcial, por acidente ou pagamento do capital ao beneficiário em caso de morte natural ou acidental. O seguro é destinado para todas as mulheres com idade entre 16 e 64 anos.

N.F.
Revista Apólice