20/05/2022

PMS 2021: Seguro de vida mais simples e de fácil contratação é o foco da Azos

azos
Rafael Cló

Prêmio Melhores do Seguro – Segundo dados da Federação Nacional de Previdência Privada e Vida (FenaPrevi), a busca por seguros individuais cresceu 26,2% em 2020. No primeiro bimestre de 2021, o ritmo de crescimento se manteve com avanço de 24,9% ante o mesmo período de 2020. Isso parece uma  boa notícia para o mercado, mas para os brasileiros, que se deparam com burocracia, letras miúdas e a insegurança se seus beneficiários receberão mesmo a cobertura contratada, contratar um  seguro de vida pode ser um grande problema. Por isso, a Azos decidiu trabalhar pela sua simplificação.

Por ser um benefício que não é percebido de forma imediata e por ser um compromisso mensal, as pessoas não priorizam a contratação de um seguro individual. Além disso, por se discutir pouco sobre a morte, um assunto tabu entre os brasileiros, muitas famílias desconhecem sobre a existência do seguro e acabam por perder o direito à indenização. 

Indo na contramão do mercado, a Azos criou produtos para tornar o seguro mais fácil, com contratação em menos de 5 minutos, 100% digital e sem exames médicos; mais acessível, com mensalidades a partir de R$5 reais e coberturas que podem chegar a R$2 milhões; e, principalmente, mais confiável, com tecnologia exclusiva para verificação de CPFs e o serviço gratuito, chamado de Guardião.

“Lamentavelmente, muitos seguros não são pagos no Brasil pelo simples fato da família não saber da existência do seguro. Ou, até mesmo, pelo fato de as pessoas não lembrarem do seguro durante um momento tão difícil quanto a perda de algum familiar. Queremos ser a empresa de seguros que, de fato, as pessoas podem confiar”, define Rafael Cló, CEO e sócio co-fundador da Azos.

Com a premissa de honrar a confiança e o compromisso feito no momento da contratação do seguro, a Azos é o seguro feito para ser pago. Com tecnologia, a insurtech consulta bases de cartórios, receita federal e outras fontes de dados para verificar, com precisão, se algum de seus clientes veio a óbito. Em caso afirmativo, a Azos entra em contato com as famílias informando da existência do seguro de vida e auxiliando-as em todo o processo de sinistro.

Além dessa busca proativa, a Azos oferece o serviço exclusivo e gratuito: o Guardião, uma pessoa de confiança que terá a missão de acionar a Azos e comunicar seus beneficiários da existência do seguro. Pode ser uma alternativa segura e prática para o caso de crianças como beneficiárias. “Trata-se de um serviço opcional, totalmente gratuito e independente do valor da contratação e do seguro escolhido. Somos a única empresa que oferece essa facilidade e da forma como tem que ser: gratuitamente”, conta Bernardo Ribeiro, CMO e sócio fundador da Azos.

Uma das premissas é que o Guardião não seja um dos beneficiários e a sua função é simples: a pessoa receberá as informações de contato da Azos (telefone e e-mail) e assim que algo acontecer com o cliente Azos, ele deverá entrar em contato com a empresa  e informar sobre o sinistro. Em seguida, a equipe entrará em contato com a família auxiliando-a nos próximos passos para a abertura do sinistro e, posteriormente, pagamento da indenização. Em apenas sete meses de atuação, a empresa conquistou mais de R$ 3 bilhões em capital segurado.

[embedyt] https://www.youtube.com/watch?v=UxbWNuuCoX8[/embedyt]