20/05/2022

PMS 2021: O desafio do “fique em casa”

casf

Prêmio Melhores do Seguro – A pandemia de Covid-19 evidenciou alguns problemas de infraestrutura na região Norte do Brasil para o trabalho em home office. Para atender um dos maiores financiadores do agronegócio do Brasil, a corretora de seguros Casf percebeu a falta de planejamento para situações de risco.

Após a pandemia ser decretada, imediatamente foi criado um plano de emergência em aproximadamente sete dias e todos os funcionários foram colocados em home office com atendimento mantido ao Banco da Amazônia, em suas 120 agências e 9 estados da federação.

Neste período, a empresa mudou toda parte de infraestrutura computacional e processos de vendas e, em seguida, alterou toda diretoria, refazendo a parte comercial da empresa e manteve um crescimento de quase 35% que a elevou ao patamar de maior operação de seguros, enquanto corretora de seguros, no Norte do Brasil.

Com o objetivo de oferecer condições nas casas dos 34 colaboradores com locação de máquinas e serviços de dados, organização documental na matriz, houve a criação de protocolos rígidos de segurança para combate ao vírus.

Reuniões online de diretores, atuação dos mantenedores da empresa a Casf Saúde para mudança da diretoria anterior, contratação de novo diretor e mudança nos processos internos. Reuniões online com seguradoras para redefinir métricas e formas e canais de atendimento, com exclusão de algumas companhias para obter agilidade.

Houve também preocupação com a saúde mental dos colaboradores, fundamental em um conceito de saúde integral. Com isso, a Casf conseguiu obter crescimento de 35% em 2020 em relação a 2019; tornou-se a maior operação de seguros da região norte, empresa com sede na região; aumentou a aprovação de atendimento pelo seu maior parceiro, o Banco da Amazônia; nenhuma perda de colaborador(a) para a Covid-19; conclusão do processo de aposentadoria e premiação dos funcionários com tempo para tal.