generali

Em reunião presidida por Gabriele Galateri di Genola, o Conselho de Administração da Assiscurazioni Generali aprovou a nova estratégia que será implementada no Grupo pelos próximos três anos: ‘Lifetime Partner 24: Driving Growth’ (“Parceiro para Toda a Vida 24: Impulsionando o Crescimento”). O plano vai entregar o crescimento sustentável em todas as linhas de negócios emergentes e centrais da empresa, trabalhando sobre bases sólidas estabelecidas desde 2016. A base deste projeto é o compromisso contínuo da seguradora de ser parceira para toda a vida de seus 68 milhões de clientes em mais de 50 países. Investimentos em produtos personalizados, aconselhamento digital e uma experiência best-in-class para o cliente farão a companhia e sua rede global de 165 mil agentes se aproximar ainda mais dos seus clientes.

A organização irá mais longe em seus compromissos de sustentabilidade durante este novo ciclo, com um foco permanente em causar um positivo impacto social, ambiental e no resultado de seus acionistas. Em 2024, a empresa completará a integração dos critérios ESG aos investimentos diretos de sua carteira de contas gerais, além de reduzir a pegada de carbono da carteira de investimentos corporativos em 25% e crescer a uma taxa anual de 5% a 7% o volume de produtos sustentáveis na emissão bruta de prêmios até 2024.

De acordo com o plano, o Grupo vai melhorar seu perfil de ganhos, aumentar a lucratividade de seu negócio de Vida, investir 1,1 bilhão de euros em tecnologia e transformação digital, aumentar as receitas de gerenciamento de ativos de terceiros e melhorar ainda mais a eficiência.

O programa também define uma visão clara para a Generali em 2024 e se baseia em três pilares estratégicos: impulsionar o crescimento sustentável, melhorar o perfil de ganhos e liderar a inovação. A proposta do Conselho também visa proporcionar um forte crescimento do lucro por ação, aumento do fluxo de caixa líquido acumulado da Holding e geração de dividendos mais altos.

Impulsionar o crescimento sustentável

A companhia continua aumentando as receitas de P&C e Responsabilidade Civil e mantendo as melhores margens técnicas. A companhia vem elevando sua participação no mercado em áreas crescimento com potencial significativo, incluindo PMEs, Saúde, Atendimento ao Idoso na Europa e Viagens nos Estados Unidos. No segmento de Vida, o Grupo também aumentará eficiência e lucros técnicos, impulsionando os volumes de negócios vinculados a unidades e de proteção, internalizando ainda mais as margens, bem como expandindo sua gama de produtos ESG. O crescimento será sustentado por uma gestão de custos eficaz, pela contínua disciplina de custos em mercados maduros, com investimento focado na Ásia e em negócios relacionados a taxas.

Melhorar o perfil de ganhos

A Generali continuará a aprimorar o perfil e a lucratividade de seu negócio de Vida, realizando um exercício abrangente de otimização para reduzir a intensidade de capital e melhorar os resultados operacionais. Seguindo a mesma abordagem disciplinada que viu a seguradora investir mais de 3 bilhões de euros em fusões e aquisições de valor agregado durante o atual ciclo estratégico, o Grupo irá redistribuir seu capital em iniciativas de crescimento lucrativo. A empresa buscará oportunidades para fortalecer sua liderança em seguros na Europa e expandir sua presença em mercados de crescimento asiáticos selecionados. Em Gestão de Ativos, o Grupo continuará a investir para melhorar produtos e distribuição, incluindo a expansão de seus investimentos no mercado de capitais, para aumentar a escala e gerar 100 milhões de euros adicionais em receitas de terceiros.

Liderar a inovação

Os investimentos digitais e tecnológicos totalizam 1,1 bilhão de euros durante o plano, um aumento de 60% em relação ao último ciclo estratégico. Isso inclui mais investimentos no modelo de relacionamento: “Parceria para toda a Vida da Generali”, que tem como objetivo aumentar o valor do cliente, ampliando os recursos de consultoria digital e estabelecendo uma abordagem multicanal contínua em todas as alternativas de distribuição. O Grupo também investirá na expansão de plataformas compartilhadas, novos recursos de dados, adoção mais ampla de tecnologias de automação inteligente e em inteligência artificial. Isso reduzirá os custos e aumentará a alavancagem operacional da companhia, apoiando uma melhoria de 2,5 a 3,0 pontos percentuais no índice de custo/receita do Grupo. A liderança técnica da empresa será ainda mais aprimorada por um poderoso motor de inovação que combina atividades internas e outras baseadas em parcerias. Um novo fundo de risco insurtech de 250 milhões de euros permitirá à companhia aproveitar oportunidades de alto potencial. O Grupo também lançará uma nova operação digital direta para capturar uma parcela maior dos pools de lucro digital na Europa.

Oferecer positivo impacto social, ambiental e para acionistas

A Generali está empenhada em agir como uma força do bem na construção de uma sociedade mais resiliente e justa. Os compromissos ESG estão embutidos neste plano estratégico, incluindo prêmios crescentes derivados de soluções sustentáveis, em 5% a 7% anuais até 2024 e com integração completa dos critérios ESG nos investimentos diretos da carteira de contas gerais do Grupo até 2024. A organização também reduzirá a pegada de carbono do portfólio de investimentos corporativos em 25% até 2024, em linha com seus compromissos como membro da Net-Zero Asset Owner Alliance e fazer 8,5 a 9,5 bilhões de euros em novos investimentos verdes e sustentáveis entre 2021 e 2025. O Grupo também definiu um roteiro para a exclusão completa de investimentos e atividades de subscrição no setor de carvão térmico e está avançando com o compromisso de reduzir sua atuação nos segmentos de gás e petróleo.

O projeto EnterPRIZE da companhia está ajudando as PMEs a fazerem uma transição sustentável, enquanto a principal iniciativa social do Grupo – The Human Safety Net – irá desbloquear o potencial das pessoas que vivem em condições vulneráveis.

Pessoas engajadas como um ativo principal para entregar com sucesso o novo plano

A Generali continuará a investir em suas pessoas para garantir que elas estejam engajadas no sucesso deste novo plano, ao mesmo tempo em que promove um ambiente de trabalho sustentável. Ao longo do ‘Lifetime Partner 24: Impulsionando o Crescimento’, o Grupo irá se concentrar em melhorar seu foco no cliente, sua cultura de meritocracia e desenvolvimento de competências, o que inclui a qualificação de 70% dos funcionários da seguradora com novas habilidades digitais e estratégias até 2024. As pessoas da companhia continuarão sendo apoiadas por processos justos e igualdade de oportunidades, considerando a diversidade em todos os seus componentes como um valor e, em particular, visando ter mulheres em 40% dos cargos de liderança até o final do período do plano. A empresa está também empenhada em abraçar novos modelos de trabalho híbridos sustentáveis e equilibrados em todas as suas unidades, proporcionando benefícios importantes aos seus colaboradores e acionistas no “Novo Normal”.

Philippe Donnet, CEO do Grupo, disse: “O compromisso de longa data com a estratégia “Parceria para toda a Vida” coloca nossos clientes no centro de tudo que fazemos. De acordo com o novo plano, levaremos esse compromisso para o próximo nível e confirmaremos a Generali como empresa inovadora, focada no cliente e orientada para dados. As ambições e iniciativas que anunciamos hoje só são possíveis graças ao sucesso na entrega de nossos planos estratégicos anteriores. Hoje, a companhia tem uma posição financeira forte, ganhos diversificados, crescimento lucrativo consistente e um histórico de geração de retornos best-in-class para os acionistas. Esperamos desenvolver essas conquistas nos próximos três anos. Nossa liderança em seguros, nossos recursos internos de gestão de ativos, nossa rede digitalmente habilitada com 165 mil agentes e nosso maior compromisso em fazer uma ação social e ambiental com contribuição positiva mostram que a organizão está posicionada para alcançar um crescimento sustentável para o benefício de todos os acionistas”.

N.F.
Revista Apólice

Deixe uma resposta