vida

ESPECIAL DIA DO CORRETOR – É nítido que a pandemia de Covid-19 despertou em toda sociedade uma necessidade de proteção e cuidado com a saúde, o que levou mais pessoas a adquirirem um seguro de vida. Segundo dados da Susep, o produto atingiu o montante de R$ 15,03 bilhões em agosto, correspondendo a um crescimento de 17,4% quando comparado com o mesmo período em 2020.

Contudo, mesmo com o segmento crescendo dois dígitos, o número de pessoas que contam com uma apólice ainda está longe do ideal. De acordo com uma pesquisa feita em 2019 pela Prudential do Brasil, em parceria com o Ibope, apenas 15% dos brasileiros tinham um seguro de vida. Somente 20% dos entrevistados disseram ter interesse de adquiri-lo em 2020, isso antes da pandemia.

Por isso, é importante que os corretores de seguros cumpram seu papel de consultor e ofereçam o produto para os clientes que ainda não contam com um seguro de vida, seja individual ou coletivo. Para isso, é preciso apresentar motivos convincentes que façam o consumidor perceber o quão necessário é ter uma apólice. Confira abaixo cinco argumentos de vendas e aproximação que ajudam a fechar mais negócios:

1 – Pode ser utilizado em vida

O seguro de vida vai muito além de proteger o patrimônio. Ele deve ser pensado como uma forma de proteger a renda da pessoa, frente a uma série de adversidades como doenças graves e invalidez. “Um dos pontos mais importantes para se destacar sobre o produto é que ele não funciona apenas em caso de morte. Cerca de 25% das coberturas são para uso em vida, como por exemplo, o diagnóstico de doenças graves.  Nesse caso, por exemplo, o beneficiário poderá usar o dinheiro para fazer um tratamento que talvez não seja coberto pelo plano de saúde”, afirma Luciana Bastos, diretora de Produtos de Vida da Icatu.

2 – É acessível e de fácil contratação

O seguro de vida é uma opção de proteção financeira para todos, que conta com opções flexíveis que podem funcionar para diversas fases da vida do cliente e também para vários orçamentos. Luciana ressalta que a Icatu, por exemplo, conta com soluções que custam a partir de R$ 30. “Além disso, é possível adquirir uma apólice de maneira 100% online, com assinatura digital da proposta, aceitação automática e pagamento online via cartão de crédito, funcionalidades que chegaram para desburocratizar ainda mais o processo de contratação”, diz a executiva.

Telegram para post

3 – Ajuda na manutenção do padrão de vida

As coberturas securitárias permitem que os segurados e seus beneficiários contem com um valor em caso de imprevistos. Isso é fundamental para que não haja a dilapidação patrimonial, e que possam ser mantidos os sonhos e padrão de vida. “O mercado de seguro tem se modernizado constantemente, oferecendo soluções cada vez mais completas diante das diferentes demandas. Por meio de um seguro de vida, ė possível olhar para todos os momentos de vida do cliente, oferecendo proteção financeira para a  construção de patrimônio”, afirma Alfeo Marchi, diretor de mercado da MAG Seguros.

4 – Liquidez imediata

Marchi diz que, por não entrar em inventário, o seguro de vida torna-se uma importante forma de garantir a liquidez imediata no caso do óbito da pessoa provedora, reduzindo os impactos financeiros para os beneficiários do segurado. “Vale destacar que nos últimos anos as pessoas estão cada vez mais conscientes sobre a importância de se planejar financeiramente, o que tem elevado a demanda por este tipo de solução e apresentado mais oportunidades aos corretores de seguro. Se um familiar morre, além da dor do luto, seria injusto fazer com que os parentes tivessem que se desfazer dos bens para arcar com os custos do inventário”.

5 – É importante para PME’S

Um levantamento do Sebrae apontou que, mesmo com a pandemia, mais de 1 milhão de pequenas e micro empresas (PME’s) foram abertas no Brasil entre janeiro e abril deste ano. Com um portfólio específico para micro, pequenas e médias empresas, a Capemisa teve alta de 22% nesta carteira em 2020. Segundo Thiago Morelo, gerente de Treinamento e Desenvolvimento Comercial da seguradora, o produto pode ajudar na manutenção e sustentabilidade dos negócios. “Atualmente muitas empresas estão oferecendo o seguro de vida como benefício, o que não deixa de ser um investimento na atração e retenção de talentos. Além disso, ele previne que as organizações sejam pegas de surpresa caso ocorra algum imprevisto, como, por exemplo, o falecimento de um sócio ou colaborador, evitando perca de receita”.

Nicole Fraga
Revista Apólice

Deixe uma resposta