vida

A pandemia do Covid-19 e suas consequências para a saúde física e mental despertaram em muitos brasileiros o receio de deixar a família desamparada ou de precisar de apoio e não o ter nos momentos mais difíceis. Como reflexo disso, a CNseg (Confederação Nacional de Seguradoras) registrou aumento na procura por seguro de vida de 19,3% nos primeiros seis meses de 2021, em relação ao mesmo período do ano passado, movimentando R$ 10,9 bilhões.

Aliado a isso, o alto índice de desemprego atual, que atingiu 14,1% no segundo trimestre de 2021, segundo mostra a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), aumenta a necessidade de se proteger de eventuais faltas ou intercorrências que asseguram as famílias em caso de óbito de um dos membros. Por isso, para além das tradicionais coberturas que uma apólice de vida concede para os usuários e seus familiares, existem no mercado assistências e serviços adicionais para ajudar as pessoas a cuidarem de sua saúde e bem-estar , que ainda são pouco conhecidos e disseminados.

Sabendo disso, o especialista Alex Korner, co-fundador da 180° Seguros, pontua quatro novos recursos disponíveis no setor:

Telegram para post

– Consulta médica via telemedicina: Por conta do trabalho remoto e isolamento social, existem serviços de atendimento básico para esclarecimento de dúvidas e encaminhamento médico, e até mesmo consultas médicas realizadas por telefone ou videochamada, para prescrição de medicamentos, pedido de exames e solicitação de atestados médicos. Esse tipo de serviço traz comodidade para o cliente, permitindo que ele cuide de sua saúde sem precisar sair de casa. Essa modalidade é mais tradicional dentro dos planos de saúde, mas recentemente passou a ser incluído também nos produtos de Seguro de Vida, mais rápido e simples de usar.

– Check-up preventivo: Outro serviço interessante, que permite que o cliente realize uma série de consultas e exames preventivos para acompanhar sua saúde ao longo do tempo e identificar problemas o mais rápido possível.

– Orientação psicológica: Por meio de plataformas online, é possível agendar atendimento psicoterapêutico realizado por especialistas como coaches, psicanalistas, psicólogos e terapeutas para manter a saúde mental em dia. Esse tipo de serviço ganhou uma relevância maior especialmente no contexto atual em que vivemos.

– Cesta básica de emergência: Em adição à tradicional assistência funeral, que cobre todos os trâmites necessários quando o usuário vem a falecer, outro serviço que vem se popularizando é a cesta básica de emergência, que permite que a família do segurado receba o valor de uma cesta básica por determinado período após o falecimento deste usuário. A intenção é ampará-los no momento de necessidade, em que a renda familiar fica comprometida.

N.F.
Revista Apólice

Deixe uma resposta