zurich

A Zurich no Brasil está iniciando um programa junto aos seus 1.500 funcionários, em parceria com a empresa canadense PAI Health. A startup, que venceu a etapa nacional do Campeonato de Inovação promovido pela seguradora em 2020, colocará em teste com os colaboradores da companhia o seu aplicativo, cujo método é cientificamente validado para prevenção de doenças cardiovasculares por meio do monitoramento da atividade física de seus usuários.

A tecnologia PAI Health tem como principal métrica o Personal Activity Intelligence (PAI), fruto do rastreamento de atividades físicas e da frequência cardíaca do usuário. Registradas no aplicativo por meio do uso de um smartwatch (relógio digital de última geração), as informações do indivíduo são convertidas em uma pontuação personalizada e semanal, com base em seu perfil e frequência cardíaca.

Aliás, o aplicativo tem eficácia comprovada: o algoritmo do PAI foi validado através do HUNT, um dos maiores estudos em saúde do mundo. Os resultados de mais de 25 anos acompanhando milhares de pessoas mostram que manter a pontuação de 100 ou mais do PAI proporciona uma redução média de 25% no risco de mortalidade por doenças cardiovasculares, além de prevenir outras doenças crônicas relacionadas ao estilo de vida, como hipertensão, diabetes e obesidade.

Para participação no programa, os primeiros 150 funcionários contam com ajuda de custo para aquisição dos relógios digitais, benefício que poderá ser estendido para mais colaboradores, dependendo do nível de adesão.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), “doenças cardiovasculares, afecções do coração e da circulação representam a principal causa de mortes no Brasil. São mais de 1.100 mortes por dia, cerca de 46 por hora, uma a cada 90 segundos”. O “Cardiômetro”, da SBC e que é um indicador dessas mortes, aponta que somente neste ano, até o começo de junho, foram registrados mais de 175 mil óbitos. A entidade estima que, até o final 2021, esse número ultrapassará 400 mil óbitos, e que muitos deles poderiam ser evitados com cuidados preventivos.

“A métrica PAI fornece uma visão prática sobre quanta atividade é necessária para cada indivíduo melhorar ou manter uma boa aptidão cardiorrespiratória, com apenas um indicador é possível saber se os exercícios físicos que fazemos estão de fato contribuindo para a proteção da saúde cardíaca”, explica Ismael José de Andrade Junior, superintendente de Estratégia e Inovação da Zurich no Brasil.

“Por ser uma tecnologia baseada em métodos comprovados pela ciência, e extremamente moderna, acreditamos no seu potencial de ajudar a proteger e gerir a saúde dos nossos colaboradores, aumentando sua qualidade de vida”, aponta o executivo, que conta que o pacote de ferramentas da startup inclui um aplicativo móvel, um painel de relatórios administrativos e analíticos e uma interface de programação de aplicativos (API) para fácil integração com aplicativos de terceiros.

Telegram para post

Além disso, o fato de os funcionários da seguradora serem os primeiros a se beneficiar da iniciativa inovadora da empresa os torna, também, cocriadores. A razão é que, após avaliarem a tecnologia do aplicativo, ele poderá ser ofertado aos clientes da seguradora em todo o país, se bem-sucedido.

“A parceria com a Zurich oferece uma oportunidade fantástica de mostrar o PAI em grande escala e provar sua eficácia como uma solução preventiva de saúde”, afirma Sally Powell, gerente geral da PAI Health. “Estamos confiantes de que nossa solução pode melhorar os resultados de saúde e impulsionar mudanças significativas no estilo de vida, e estamos satisfeitos por colaborar com um líder global de seguros na vanguarda da inovação em saúde e bem-estar”, finaliza.

Tendências de cuidado com funcionários e Programa Equilíbrio Z

De acordo com o relatório “Moldando um futuro de trabalho melhor: Percepções do mercado global e local”, elaborado em uma parceria entre a Zurich e a Universidade de Oxford, os funcionários em todo o mundo esperam que seus empregadores participem mais de seu bem-estar geral, perspectiva que foi intensificada com a pandemia do novo coronavírus.

Na Zurich, a proposta de cuidar da saúde do coração dos colaboradores é mais uma das iniciativas do Programa Equilíbrio Z, que desde 2019 dispõe de uma série de benefícios para os funcionários em quatro dimensões da saúde: física, emocional, social e financeira.

Em maio, a companhia já havia dado um passo importante a fim de contribuir para o bem-estar de seus colaboradores, com o lançamento do aplicativo Equilíbrio Z, que fornece questionários, protocolos de avaliação e outras ferramentas para a gestão global da saúde dos funcionários e de seus familiares.

Para Carlos Toledo, diretor executivo de Recursos Humanos da empresa, a disponibilização do PAI Health (que conta, ainda, com um subsídio da seguradora para a aquisição do smartwatch), é, portanto, uma iniciativa que materializa o desejo da Zurich em crescer junto de seus colaboradores.

“Entendemos que só é possível crescer mutuamente se garantirmos, ao máximo, uma boa qualidade de vida e o bem-estar dos nossos colaboradores, em todas as esferas. O PAI Health é mais um passo em consonância com esse objetivo, que é um dos pilares de atuação da companhia”, finaliza o diretor.

N.F.
Revista Apólice

Deixe uma resposta