globus

Depois de concluir uma rodada de captação de quase R$ 4 milhões, a Globus Seguros, que surgiu de um spin-off realizado em 2016 com a XP Seguros, segue em processo de crescimento. A corretora acaba de criar uma área específica para acelerar sua expansão, liderada por Alexandre Werneck, sócio e diretor de novos negócios da empresa. O foco principal é aumentar o número de parceiros, principalmente os escritórios de agentes autônomos, saindo de 200 atualmente para 350 até o fim de 2022.

Para isso, a empresa planeja consolidar ainda mais relação que tem com a ABAAI (Associação Brasileira de Agentes Autônomos de Investimentos), da qual é patrocinadora há quase dois anos, ter uma comunicação mais próxima dos escritórios de AAIs, intensificar o uso das redes sociais e promover eventos. “Queremos evoluir não só em número de escritórios, mas sim, em número de assessores do mesmo escritório, que nos indicam oportunidades de negócios”, afirma Werneck.

Em relação ao fato de os agentes autônomos de investimentos fazerem a indicação de seguros, o executivo destaca que o papel do profissional é única e exclusivamente a de identificar oportunidades e apresentar o cliente, ou seja, o assessor funciona como um intermediador para que o negócio aconteça. “Esse é um papel fundamental, pois são eles que possuem o contato do cliente em seu portfólio e podem ampliar seu relacionamento cada vez mais, oferecendo novos produtos. Já os demais passos do processo de venda de seguros, como identificação, levantamento de dados, apresentação da proposta e os outros processos, são de responsabilidade da própria empresa”, explica o executivo.

Telegram para post

Além disso, a corretora, que tem sede no Centro do Rio de Janeiro, está voltando com as atividades presenciais na filial de São Paulo e nomeou o sócio-fundador Alexandre Périco (com mais de 15 anos de experiencia em seguros e passagens pela JLT, Willis e XP) como responsável pela Regional SP, para acelerar o crescimento nessa nova fase. O escritório, na região do Itaim Bibi/Vila Olímpia, já existia, mas ficou fechado temporariamente por conta da pandemia de Covid-19. A equipe na capital paulista é formada por oito profissionais e há vagas em aberto para os cargos de comerciais, especialistas técnicos de produtos e operações.

“Com a retomada do mercado, voltamos com a nossa estrutura física em São Paulo. Em termos de perspectivas, prevemos que o faturamento da Regional SP cresça 55% até o fim de 2022”, afirma Périco, que também é sócio da Globus. “Isso se dará através das diversas ações da corretora, como nosso novo posicionamento, One Stop Shop, nossa área de expansão e os altos investimentos em tecnologia, que visam melhorar e fazer com que a experiência com seguros de nossos parceiros e clientes seja cada vez melhor”, acrescenta.

Por atuar fortemente com os agentes autônomos de investimentos, os estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, bem como a região Sul, são os mais importantes estrategicamente para a corretora, já que concentram a maior parte dos escritórios de AAIs. “Temos atuação também no Nordeste, onde identificamos muitas oportunidades de crescimento e já temos ótimas parcerias estabelecidas”, diz Périco.

A Globus é especializada em riscos diferenciados, como, por exemplo, seguros de Responsabilidade Civil para Administradores (D&O), Garantias (Judiciais, Performance e Financeiras), Erros e Omissões (E&O), entre outros, além dos seguros tradicionais, como frota, patrimonial, saúde, vida em grupo, viagem, pet etc. A corretora possui mais de 500 clientes corporativos e cerca de 6.000 clientes individuais.

N.F.
Revista Apólice

Deixe uma resposta