chuvas

Em algumas partes do Brasil, a transição da primavera para o verão pode vir acompanhada de fortes chuvas que pegam todos de surpresa, especialmente os motoristas. Pistas escorregadias, risco de alagamento e baixa visibilidade são apenas alguns obstáculos enfrentados pelos condutores em dias chuvosos.

Para evitar situações de risco ou imprevistos com o automóvel, os cuidados devem começar antes mesmo de sair de casa. Deixar a manutenção do veículo em dia, conferir o fluido de freio e a condição de componentes como discos, cilindros, pastilhas e canos, e garantir que o sistema esteja funcionando perfeitamente é dever constante do motorista. Além desses cuidados, que podem ser decisivos para a segurança no trânsito em um dia de chuva, é importante também:

– Conferir sempre a profundidade dos sulcos dos pneus e lembrar-se de realizar a calibragem periodicamente;

– Ficar atento a qualquer ruído estranho, demora no acionamento dos freios, trepidação no volante ao frear ou pedais duros;

Telegram para post

– Conferir sempre o sistema de ventilação, item responsável por impedir que os vidros embacem e a visão do condutor visão seja obstruída;

– Ter atenção ao atravessar trechos alagados, que podem prejudicar o motor do carro ou surpreender o motorista com buracos e poças mais profundas;

– Ficar atento à forma de dirigir: não ultrapassar a distância de segurança, reduzir a velocidade e dirigir com farol baixo.

“Dirigir em dias de chuvas apresenta alguns riscos e surpresas que podem custar o bom funcionamento do veículo, por isso é fundamental contar com um seguro para situações emergenciais. É importante lembrar também que a cautela do motorista faz toda a diferença no funcionamento do veículo e pode ser decisiva na hora de acionar o socorro”, alerta Frank Nelson Ohi, Diretor de Sinistro da HDI Seguros.

N.F.
Revista Apólice

Deixe uma resposta