gestão

EXCLUSIVO – Investindo cada vez mais em inovação e tecnologia, a ENS (Escola de Negócios e Seguros) realizou na manhã desta quarta-feira, 27 de outubro, uma coletiva de imprensa com os veículos especializados para apresentar seu novo curso. A ‘Certificação Avançada em Insurtechs’ tem o objetivo de capacitar os alunos interessados em entender mais sobre esse mercado, ensinando a como colocar ideias e processos em práticas para alavancar a empresa.

Participaram da coletiva os diretores Tarcísio Godoy (Geral) e Maria Helena Monteiro (Ensino Técnico); o gerente Regional São Paulo, Ronny Martins; e o consultor em Inovação e coordenador do novo programa, Samy Hazan. Eles comentaram sobre o novo programa e a importância das insurtechs para o mercado de seguros, principalmente no que diz respeito ao aumento da penetração do setor no PIB.

Segundo dados do Towers Watson InsurTech Report, até o 3º trimestre de 2021 foram investidos USD$ 10,5 bilhões no mercado e até junho deste ano o financiamento total em insurtechs (USD$ 7,3 bi) foi maior do que 2020 (USD$ 7,1 bi). “Percebemos uma grande concentração de mega rounds e tudo indica que o Brasil entra na mira dos investidores do setor. Nosso objetivo é formar novos empreendedores, ajudando-os a desenvolver um negócio utilizando tecnologia e mirando a inovação em seguros”, afirma Hazan.

O curso conta com seis módulos: Fundamentos das insurtechs; Novas tecnologias; Financiando insurtechs; Revolucionando os modelos de distribuição de seguros; O futuro colaborativo das insurtechs; Estudos de casos e modelos disruptivos. Seu público alvo são empreendedores, corretores de seguros e executivos de seguradoras ou de instituições financeiras com interesse no tema.

Telegram para post

As aulas começam em março de 2022 e serão ao vivo, duas vezes por semana. Ao final do programa, será concedida uma certificação mediante apresentação de um projeto inédito que envolva inovação na indústria de seguros, automação na oferta e intermediação de produtos ou soluções para eficiência operacional das empresas (corretoras, seguradoras ou resseguradoras).

“O corretor tem um ativo muito importante: o vínculo com o cliente. Quando se une esse vínculo à tecnologia, a tendência é que todos saiam ganhando. Estamos focados em continuar educando esses profissionais para que eles não percam a oportunidade de crescer. Temos a expectativa de que as insurtechs, junto com a indústria tradicional, através da tecnologia e inovação, vão ajudar a preencher essa lacuna de proteção”, ressalta Hazan.

O aluno pode optar por fazer o programa completo ou três módulos à sua escolha. O valor do curso completo, com certificado, é de R$ 6.734,00 em até 10x sem juros. Já para ter acesso a três módulos, obtendo uma declaração de participação no final, o custo é de R$ 4.714,00. A ENS oferece desconto de 12% para aqueles que realizarem a matrícula ainda em 2021. As inscrições de interesse podem ser feitas no site, onde mais informações estão disponíveis.

Nicole Fraga
Revista Apólice

Deixe uma resposta