saúde

A SulAmérica enviou à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) na noite da última segunda-feira, 30 de agosto, uma proposta vinculante não solicitada para aquisição de até 100% do capital do Grupo paulista HB Saúde, por R$ 485 milhões. A transação está condicionada à aprovação dos acionistas da HB Saúde em assembleia geral extraordinária e à consequente alienação por acionistas detentores de pelo menos 50% mais uma ação do capital votante e total da empresa.

Com o anúncio, a seguradora informa que busca continuar o seu processo de expansão no mercado brasileiro e ampliar o modelo de assistência semi-verticalizada. No ano passado, a companhia adquiriu a Paraná Clínicas por R$ 396 milhões, com modelo similar de operação.

O Grupo HB Saúde possui um hospital, oito unidades ambulatoriais, uma clínica infantil, centros clínicos e de diagnóstico, espaços de medicina preventiva, ocupacional e centro oncológicos localizados no interior paulista, em São José do Rio Preto e Mirassol. A HB Saúde tem uma carteira com cerca de 130 mil beneficiários de planos de saúde, além de 25 mil de odonto. Em 2020, registrou receita anual de cerca de R$ 300 milhões de reais.

Telegram para post

Para a SulAmérica, a proposta de compra “reforça sua posição e participação de mercado em uma região estratégia para o seu plano de expansão geográfica, aumentando a presença em uma região do Estado de São Paulo que tem alto potencial de crescimento para sua operação de Saúde e Odonto.” A HB Saúde, seu corpo clínico e seus beneficiários, terão também à sua disposição 125 anos de história, expertise e reconhecimento da seguradora em Gestão de Saúde e Cuidado Coordenado”, de acordo com o Fato Relevante.

A transação depende, ainda, da conclusão de uma auditoria no grupo HB Saúde, da celebração de um instrumento definitivo entre as partes que preverá, dentre outras condições suspensivas, a aprovação prévia dos órgãos reguladores.

N.F.
Revista Apólice

Deixe uma resposta