seguro

O seguro rural cresce de importância no país a cada ano como ferramenta de proteção ao agronegócio e de mitigação de riscos. O cenário atual reforça a necessidade de um amplo domínio dos conceitos e terminologias de uso corrente nesse ramo de atividade. Com o objetivo de orientar o mercado segurador, a FenSeg (Federação Nacional de Seguros Gerais) preparou o Glossário Agrícola. O documento consiste em  um guia que simplifica a compreensão de termos comuns ao seguro rural.

Elaborado pelo Grupo de Trabalho de Assuntos Regulatórios da Comissão de Seguro Rural, o glossário inclui termos como Damping-Off, Romaneio e Cultura Intercalar, entre outros. O documento é de grande valia para seguradoras, produtores rurais, corretores e demais agentes envolvidos na contratação do seguro, que poderão tomar decisões corretas, baseadas em necessidades e condições específicas.

Telegram para post

O produtor terá melhor entendimento dos termos referentes às suas coberturas. Já os corretores de seguros poderão facilitar a comunicação com os seus clientes. Vale ressaltar que o seguro rural tem registrado taxas consistentes de crescimento. O volume de prêmios subiu 37,9% no primeiro semestre de 2021. No ano passado, a expansão foi de 29,5%.

“A FenSeg acredita que informação é a chave que permite abrir novos horizontes no segmento agrícola. Daí a necessidade de compreender melhor os termos e expressões que servem de base para a contratação e utilização dos diversos ramos de seguro rural. O Glossário Agrícola vem amparar as novas corretoras, segurados e demais participantes do seguro rural. Ele facilita o entendimento das terminologias utilizadas pelo setor”, explica Joaquim Neto, presidente da Comissão de Seguro Rural da entidade.

Acesse ao documento através deste link.

N.F.
Revista Apólice

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta