Com o objetivo de ampliar o descarte correto de baterias de automóveis, a Mapfre se uniu à Baterias Moura em uma parceria inédita. O projeto foi implementado recentemente nos pátios da seguradora em Suzano (SP) e Belo Horizonte (MG), onde os veículos classificados como sucata têm suas baterias retiradas, identificadas e enviadas para o centro de reciclagem das Baterias Moura, obedecendo a legislação ambiental.

Mais de oito toneladas de baterias de sucata de chumbo já foram encaminhadas para reciclagem desde o início da parceria. “A sustentabilidade é um pilar transversal e presente em todas as áreas do nosso negócio. Termos a Moura como parceira significa alinharmos esse princípio às mais recentes tendências globais de sustentabilidade. Cumprimos rigorosamente toda a legislação de descarte de resíduos sólidos e, com a parceria, estamos agilizando esse processo, minimizando ainda mais os possíveis impactos ambientais”, afirma Tulio Dias Carvalho, diretor de Provedores da Mapfre. “A ideia é que a parceria seja estendida, nos próximos meses, para o nosso pátio em Porto Alegre e, até o final do ano, em Goiânia”, complementa o executivo.

Telegram para post

A reciclagem é um fator importante na restauração dos ecossistemas. Como parte do Programa Ambiental Moura, o PAM, uma das ações de destaque é a logística reversa de baterias, implementada na empresa há mais de 30 anos. O processo envolve toda a cadeia, desde as fábricas, os distribuidores da Rede Moura, revendedores e parceiros. A empresa recicla 100% das baterias produzidas e colocadas no mercado, sendo hoje a maior empresa recicladora de chumbo da América do Sul.

N.F.
Revista Apólice

Deixe uma resposta