brasilprev

Oferecer o que há de mais moderno no mercado para seus clientes é prioridade na Brasilprev. A companhia atualizou o portfólio de produtos para o segmento empresarial, incluindo fundos mais modernos nas estratégias de renda fixa e multimercado. Os novos clientes também passarão a contar com opções que oferecem uma taxa de administração mais baixa na entrada, além de vantagens progressivas.

Tanto o produto instituído, em que o empregador contribui com o plano do colaborador, quanto o produto averbado, em que apenas o colaborador faz as contribuições, passam a contar com uma diversificação maior de fundos. Para a renda fixa foram adicionadas as estratégias Concept, Premium, Estratégia 2025 e 2035, e Crédito Privado.

Já a iniciativa multimercado agora inclui a opção dos fundos Carteira, lançados recentemente para o segmento individual, que contam com diferentes níveis de volatilidade e se adaptam desde os clientes com perfil mais conservador, até participantes com uma tolerância maior a risco. Além disso, a Brasilprev adicionou também ao portfólio as opções Low Vol, Valor 70 e Ciclo de Vida 2050. Todas com um limite de até 20% da alocação no exterior, acompanhando a modernização do mercado.

Telegram para post

Outra novidade é que o valor da TAF inicial para os novos clientes empresariais é de 1,5% na renda fixa com vantagens progressivas no decorrer do período de acumulação em planos específicos. As estratégias de multimercado possuem diferentes valores para TAF inicial, mas também contam com vantagens progressivas.

Alinhada ao cenário econômico dos últimos tempos, a Brasilprev intensificou a oferta de opções de maior diversificação aos investidores. “Como líder e especialista de mercado, a empresa busca sempre trazer o que há de mais moderno em previdência privada para todos os clientes. A remodelação dos portfólios empresariais é mais uma estratégia que inclui os fundos Carteira, que estão dando um resultado muito interessante no segmento individual”, conta Sando Bonfim, superintendente de Produtos na organização.

A companhia continua investindo na atualização desses portfólios e até o fim do ano irá disponibilizar novas opções para o segmento empresarial, com a inclusão de fundos de gestão externa, entre outras novidades.

N.F.
Revista Apólice

Deixe uma resposta