lojacorr

Com o intuito de atender às novas realidades e processos do mercado segurador, além de potencializar o desenvolvimento e o fortalecimento de parcerias, a Rede Lojacorr está operando com o modelo de Hub para seguros agrícolas. O Hub Agro Lojacorr, exercido pela AgroBR Assessoria e Corretora de Seguros, tem o papel de ser um facilitador para o corretor acessar de forma estruturada e consistente esse segmento de seguro rural, gerando assim maior proteção para clientes na sua carteira e minimizando os riscos do ecossistema.

O Hub proporciona assessoria técnica, comercial e operacional completa, suporte no pós-venda (emissão, cobrança, subvenção, regulação e sinistros), inserção no contexto de negócios relativos aos seguros rurais, fomento de negócios por meio de parcerias com canais de vendas e customização de novos produtos adequados a realidades específicas em todo o território nacional.

De acordo com o gestor da AgroBR, Sidney Aparecido Rodrigues, que conta com o sócio José Luís Rodrigues (agrônomo), o Hub está direcionado a dar suporte técnico, comercial e operacional aos corretores da Lojacorr. O modelo atua como um especialista, que possui vivência, conhecimento, estrutura física, gestão e equipe técnica para atuar no segmento de forma coesa, que permite a inserção dos corretores da Rede nesse universo de seguros rurais. “Com o Hub Agro, os corretores, a Rede, os segurados (produtores) e as próprias Seguradoras ficam melhor amparados, pois com o suporte especializado e assistência completa durante a pré-venda até o pós venda tem minimizado as inconsistências e riscos para toda essa cadeia”, explica Rodrigues.

Telegram para post

A projeção da operação é crescer 30% em resultados em 2021. O setor do agronegócio está aquecido e são vários os fatores positivos: valorização das commodities, exportações aquecidas, aumento de produtividade, elevada tecnologia, e até mesmo aumento nas linhas de créditos, como o recente lançamento do maior Plano Safra 21/22 que foi de 251 bilhões. “O crescimento da carteira está vertiginoso. No primeiro quadrimestre o crescimento foi de 41% em prêmios emitidos. Isso ocorreu devido ao aumento do LMI (Limite Máximo de Indenização), que acompanhou a valorização das commodities agrícolas. A procura por proteção também se intensifica com o aumento de corretores e canais disseminando o seguro agrícola como um mitigador de risco para o Agronegócio, mas principalmente com o aumento do risco, como vimos pelo Brasil várias ocorrências de veranicos, chuvas excessivas, incêndio, granizo e geadas”, acrescenta o gestor.

Devido ao elevado volume de área plantada e grandes investimentos no setor produtivo há grande demanda pelo seguro agro. O papel do corretor é orientar o segurado a não postergar a contratação do seguro. “O orçamento da subvenção deverá ser consumido rapidamente devido aumento nas contratações e evolução do prêmio médio. Além do mais, as seguradoras vão atingir seus limites de contratação antes do previsto em decorrência também da evolução do LMI nas apólices dessa safra”, acrescenta Rodrigues.

O segmento garante a soberania alimentar e riquezas para o país, mantém o produtor rural na atividade, protege a renda e o patrimônio do produtor, é indutor de tecnologia no campo, protege o elo da cadeia produtiva, facilita o acesso às linhas de crédito e a difusão de mecanismos de hedge, que serve para proteger operações financeiras que são expostas a uma alta taxa de volatilidade. “A Rede Lojacorr com todo seu ecossistema de corretores, Unidades, Diretorias Regionais e Executivas pode exercer um papel fundamental na história de transformação do seguro rural no Brasil, pois nenhum outro player reúne características tão peculiares no que tange a presença nacional, força de vendas e capacidade técnica e sistêmica”, finaliza o executivo.

N.F.
Revista Apólice

Deixe uma resposta