seguros

A nona edição do Boletim IRB+Mercado, relatório da plataforma IRB+Inteligência, apontou alta no faturamento das seguradoras pelo 12º mês consecutivo. Em maio, o setor contabilizou R$ 11,2 bilhões, número 26,4% superior ao registrado no mesmo mês do ano passado, com destaque para as altas taxas de variação positiva nos seguros Individuais Contra Danos (48,7%) e Corporativos de Danos e Responsabilidade (40,7%). Crédito e Garantia foi o único segmento que recuou no mês, com queda de 17,1%, acumulando perdas nos três últimos meses.

De acordo com o relatório, a alta no segmento Individuais Contra Danos, que somou R$ 894 milhões, é justificada pelo avanço de 150,1% da cobertura Garantia Estendida, que havia sido impactada pelo fechamento do comércio, devido à pandemia, em 2020. Já o crescimento de Corporativos de Danos e Responsabilidades, com R$ 2 bilhões, foi impulsionado pela evolução da linha de transportes, que cresceu com o aumento da movimentação de cargas provocado pelas compras online.

A análise do Boletim IRB+Mercado, com foco nos seguros de danos, responsabilidades e pessoas, indica ainda que, no acumulado de 2021, o faturamento é R$ 54,2 bilhões, crescimento de 15,9% ou R$ 7,4 bilhões a mais em relação a 2020. O segmento de Vida, que alcançou 31% de alta em maio, lidera a participação no faturamento total do mercado de seguros de janeiro a maio, com 37,1%. O ranking segue com Automóveis (26,3%), Corporativo de Danos e Responsabilidades (18,7%), Individual Contra Danos (8,5%), Rural (6,1%) e Crédito e Garantia (3,2%).

Telegram para post

Em maio, o relatório destaca também o crescimento do Índice de Sinistros Ocorridos em relação ao faturamento registrado no mês: alta de 11,2 pontos percentuais (p.p.) na comparação com o mesmo período de 2020. No acumulado até maio, o índice também apresentou incremento: 6,1 p.p. a mais em relação à taxa registrada no mesmo período do ano passado.

O Boletim IRB+Mercado resume as operações de seguros a partir dos dados públicos disponibilizados pela Susep em 12/07, considerando os seguros de danos, responsabilidades e pessoas. A edição também lista os cinco maiores grupos seguradores por linha de negócios. A análise, que é publicada mensalmente, está disponível no site da empresa.

N.F.
Revista Apólice

Deixe uma resposta