plano

O plano de previdência corporativa é um excelente instrumento para atração e retenção de talentos em uma empresa, e pode trazer benefícios tanto para o funcionário quanto para o negócio em si.

Ale Boiani

Por um lado, as empresas obtêm vantagens fiscais e por outro a consolidação de colaboradores dentro da corporação, pois as pessoas além de terem uma parte das contribuições pagas pela empresa, podem também contar com taxas de administração menores quando comparadas a um plano aberto de previdência, modelo que pode ser adquirido por uma pessoa física, mas que não conta com as vantagens do plano fechado, que precisa estar vinculado a uma empresa, por exemplo.

Caso a empresa seja tributada pelo lucro real, conseguirá abater até 20% da folha salarial. Com o papel de aumentar a motivação e a produtividade e ainda manter uma boa imagem quanto à responsabilidade social, os dois principais tipos de previdência corporativa disponíveis são a averbada e a instituída.

No caso da previdência averbada, a empresa não tem participação financeira, mas consegue melhorar a negociação de custos e fundos disponíveis ao somar as contribuições dos colaboradores que terão desconto em folha, o que é bastante prático e uma forma da pessoa realmente se programar em poupar para a aposentadoria.

Na previdência instituída, geralmente a empresa monta um programa em que contribui mensalmente com o mesmo valor que o colaborador contribuir, coloca um limite de valor máximo de contribuição de acordo com um percentual do salário, e monta um programa que consiste em: quanto mais tempo o colaborador ficar na empresa, maior o valor que conseguirá resgatar, podendo chegar a 100% das contribuições próprias, mais as da empresa, somados ainda aos rendimentos.

Telegram para post

Além do valor para a previdência, geralmente o produto oferece alguma cobertura de seguro de vida e a possibilidade de que na idade estipulada, o funcionário escolha entre uma renda vitalícia ou temporária. Ao se desligar da empresa, dependendo das regras do regulamento, pode portar para uma seguradora de preferência e continuar o plano até o melhor momento para resgate.

O mais interessante e pouco conhecido pelas empresas é que não é necessário ser uma empresa muito grande para estruturar um produto assim. Eles são feitos sob medida, de acordo com a área de negócios da empresa, a quantidade de colaboradores e a média salarial. Vale a pena conhecer mais e tornar o seu negócio ainda mais consolidado e saudável.

* Por Ale Boiani, CEO, fundadora e sócia do 360iGroup

Deixe uma resposta