seguro

Com a pandemia de Covid-19, a alternada necessidade de isolamento e de distanciamento social gerou uma mudança nos hábitos de consumo de todos. Especialmente em relação aos lares, houve um aumento na procura por imóveis maiores e a crescente necessidade de reformas e pequenos reparos para as pessoas se sentirem mais confortáveis em casa. Devido a esse movimento, um levantamento da HDI Seguros registrou um crescimento de 106% na procura por seguro residencial em Manaus, no ano de 2020, em comparação com o ano anterior.

“Em relação à região Norte e ao Brasil, o aumento da procura pelo produto foi de 47% e 57%, respectivamente, também considerando o ano de 2020 em relação a 2019”, diz Jefferson Silvestrin, superintendente de Produtos Massificados da companhia. Segundo ele, a crise sanitária foi um grande fator por trás da procura desse tipo de seguro, principalmente porque as pessoas estão desenvolvendo um senso maior de necessidade de proteção do patrimônio, uma vez que o domicílio de grande parte da população se tornou também o local de trabalho, de estudo, de treinos físicos, etc. “O significado de lar foi atualizado, o que explica o aumento da procura pelo serviço”, complementa o executivo. 

Telegram para post

Entre os benefícios oferecidos, o seguro residencial proporciona, além do respaldo de uma seguradora, caso haja algum sinistro na casa, a possibilidade de reduzir custo com serviços emergenciais. “O apoio da seguradora vai além da proteção contra acidentes, roubo e furto. Nesse contexto, o segurado tem a oportunidade de optar por qual cobertura pode ser mais interessante para ele”, afirma Silvestrin.

O seguro residencial da HDI oferece cobertura contra incêndio, explosão e queda de aeronaves, além de coberturas adicionais para diversos danos dentro de casa, como danos elétricos, roubo de bens, roubo e furto de bicicleta fora da residência, intempéries climáticas, quebra de vidros, Responsabilidade Civil Familiar, assistência pet, entre outros.

N.F.
Revista Apólice

Deixe uma resposta