EXCLUSIVO – Na manhã desta terça-feira, 15/6, o site do Sindicato dos Corretores de Seguros de São Paulo sofreu um ciber ataque promovido pelo grupo Prometheus, cibercriminosos que atacam empresas com ransomware desde fevereiro deste ano. A rede de lojas de acessórios Chilli Beans também foi atacada.

Ransomware é um tipo de vírus que restringe o acesso ao sistema infectado com uma espécie de bloqueio e cobra um resgate em criptomoedas para que o acesso possa ser restabelecido. Caso não ocorra o mesmo, arquivos podem ser perdidos e até mesmo publicados. É uma espécie de sequestro digital.

Segundo informações do pesquisador de segurança  Germán Fernández, publicadas pelo site Techtudo, os cibercriminosos do Prometheus já colocaram à venda dados das empresas referidas. Como prova, foram publicados supostos prints de tela com dados internos da Chilli Beans e do Sincor-SP. A equipe criminosa que implantou o ransomware, em comunicado, afirmou que espera contato das empresas envolvidas para o pagamento.

Telegram para post

Em nota, o Sincor-SP informa que a entidade já tomou todas as providências. A entidade não divulga se possui ou não a cobertura para riscos cibernéticos. Os técnicos continuam realizando uma avaliação do sistema para encontrar a origem desta tentativa de invasão.

Íntegra do comunicado divulgado pelo Sincor-SP, divulgado às 21h38.

“Nesta terça-feira (15/06/21), foi noticiado na internet que dados do Sincor-SP teriam sido “sequestrados” por hackers. Houve, de fato, a tentativa de invasão dos nossos sistemas, entretanto, não temos evidências de que a ação se consolidou. Todas as medidas técnicas foram tomadas para preservação da segurança dos sistemas do Sincor-SP e, doravante, serão impetrados todos os dispositivos administrativos e judiciais cabíveis. Oportunamente, traremos a público mais informações.”

Kelly Lubiato
Revista Apólice

Deixe uma resposta