10/08/2022

Aumento dos riscos cibernéticos exige capacitação dos gestores

cibernéticos

A pandemia da Covid-19 trouxe uma série de mudanças no cotidiano, nas formas de realizar negócios e no dia a dia do trabalho. Com o aumento do uso de novas tecnologias, aplicativos e ferramentais digitais, cresceram também as ameaças virtuais. Dados da Susep apontam que os sinistros relacionados a ataques cibernéticos aumentaram 1.950% no Brasil, em 2020. O valor pago em indenizações nesse segmento também subiu, de R$ 1 milhão para R$ 32 milhões somente no ano passado, de acordo com informações da FenSeg.

Para se proteger desses riscos e evitar grandes prejuízos, pessoas e empresas precisam adotar medidas rígidas e padrões de segurança eficientes, e em conformidade. Visando atender a essa demanda e preparar os profissionais para identificarem vulnerabilidades, a ENS realiza o curso de extensão Cyber Security para Gestores.

Condições especiais para conveniados

O programa analisa as principais tendências desta indústria, apresenta técnicas que envolvem os riscos cibernéticos e mostra os impactos nos negócios. Nas aulas, também serão ensinados os processos e metodologias de segurança necessários para evitá-los.

Serão estudadas ainda as ferramentas e os aspectos jurídicos relacionados ao tema, além de métodos para a disseminação da cultura da segurança da informação. A dinâmica das aulas prevê debates, assim como mini palestras de 20 minutos de profissionais do mercado trazendo experiências práticas para os temas abordados.

Com duração de 24 horas, o curso é ministrado na modalidade online, a partir da Sala do Futuro da ENS. O pré-requisito é ensino superior completo e o investimento, de R$ 2.540,00. Colaboradores de empresas conveniadas à Escola têm direito a condições especiais, com descontos que podem chegar a 40%.

Para conhecer mais detalhes e efetuar inscrições os interessados devem acessar o site da instituição.

N.F.
Revista Apólice