mag

A requalificação profissional é a chave para conseguir mais oportunidades de emprego e para a construção de uma carreira consolidada. O mercado de trabalho brasileiro enfrenta um momento delicado, onde a taxa média de desemprego chegou, em 2020, a 13,5%, segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), divulgada no início desse ano. Esse é, aliás, o maior percentual desde que a pesquisa foi iniciada, em 2012. Pensando nisso, o Instituto de Longevidade MAG desenvolveu um projeto.

Ajudando os brasileiros nesse momento delicado, o Instituto desenvolveu e disponibilizou 328 treinamentos de forma online e totalmente gratuita, direcionados a diversas áreas, incluindo gestão financeira e marketing digital. As capacitações são abertas para toda a população e são compostas por videoaulas, que têm como objetivo aprimorar competências adquiridas ao longo da vida profissional. Os interessados podem buscar os cursos diretamente no site, sem obrigatoriedade de inscrição prévia, e não é necessária formação acadêmica ou idade mínima.

Os módulos disponíveis abordam temas variados como gestão financeira, com foco no controle das finanças pessoais em qualquer idade; marketing, com módulos sobre gestão e atendimento mais eficientes e maneiras de utilizar as redes sociais em benefício dos negócios; informática, com aulas sobre ferramentas como Excel, Word, PowerPoint e Google; além de um curso completo de comunicação oral e inglês básico. Ao final, o participante testa os conhecimentos adquiridos ao longo das aulas para receber o certificado.

“O Dia do Trabalho é uma excelente data para olharmos para a nossa carreira e projetarmos onde queremos estar daqui cinco, dez anos. Elaborar um efetivo plano profissional passa também pela requalificação e ela pode vir em qualquer etapa da vida. Em tempos de pandemia, o Instituto busca ajudar essas pessoas, sem que elas saiam de casa ou precisem gastar a mais por isso”, explica Henrique Noya, diretor do Instituto de Longevidade MAG.

Para se inscrever, basta acessar o link.

N.F.
Revista Apólice

Deixe uma resposta