tracker

O Grupo Tracker acabou de lançar o novo Tracker com Seguro em parceria com a Liberty Seguros. O rastreador via radiofrequência tem três opções diferentes de planos: Roubo e Furto (cobertura para roubo e furto + incêndio); Terceiros (cobertura para roubo e furto, incêndio e colisão – até R$50 mil); e Perda Total e Colisão (cobertura para roubo e furto, incêndio, colisão – até R$50 mil, perda total e alagamento).

O produto é destinado a proprietários de automóveis, SUVs e pick-ups, inclusive motoristas de táxi e aplicativos, contando com cobertura em todo o território nacional. “O novo produto não tem taxa de adesão e não tem franquia, caso o automóvel roubado ou furtado não seja recuperado. Outro diferencial é que, em qualquer um dos planos, o segurado receberá 100% do valor do veículo na tabela Fipe”, afirma o gerente de Produtos do Grupo Tracker, Rodrigo Rufca. O valor da mensalidade vai variar conforme o perfil do condutor. “A nossa parceira Liberty vai aplicar ao Tracker com Seguro a política de bônus dos seguros tradicionais, na hora da renovação”, acrescenta o executivo.

Rufca explica que o equipamento é próprio para roubo e furto, porque funciona via radiofrequência, tecnologia que não sofre interferência de inibidores de sinais (jammer) ou perda de sinal em túneis, garagens, galpões ou depósitos. “Além disso, nossos produtos de radiofrequência possuem módulos de detecção e ativação automática em caso de aproximação de jammers, que geram alertas em nossa Central de Comando e propiciam um rastreamento muito mais efetivo e proativo”, complementa o gerente.

A radiofrequência não é invasiva ao condutor, ou seja, não há monitoramento do veículo e do trajeto realizado. “Outra vantagem é a rápida instalação, sem intervenções ou interferências na parte elétrica do automóvel”, revela Rufca.

O cliente que contratar o Tracker com Seguro terá ainda assistência 24h da Liberty Seguros, que inclui: reboque, socorro mecânico, chaveiro, troca de pneus, auxílio em caso de pane seca e meio de transporte alternativo em caso de impossibilidade de circular com o veículo.

N.F.
Revista Apólice

Deixe uma resposta