clude
Marcio Montovani

O Clude, healthtech paulistana que oferece serviços de saúde 360º, fez uma mudança significativa de funções no seu corpo diretivo.

Marcio Mantovani, sócio fundador, idealizador e investidor da empresa, assume a função de CEO, enquanto Marcos Colussi, que ocupava o cargo, assume como vice-presidente da companhia, voltado para parcerias, novos negócios e comercial. Vinicius Miranda continua como CTO e diretor de operações, responsável pelo dia a dia.

O movimento é praticamente uma sinalização ao mercado de que a healthtech entra numa espécie de “fase 2”: na primeira, foi realizada a estruturação técnica, estratégica e operacional da empresa, com desenvolvimento da sua plataforma proprietária, contratação e integração de terceiras, estruturação de equipes e cargos e linha de comunicação a ser seguida.

“A ordem do dia agora é ‘escalar’”, contou Marcio. Nessa “fase 2”, o Clude espera crescer sua base de assinantes em cerca de 50 vezes ainda em 2021 e, também segundo Marcio, não medirá esforços para que isso aconteça.

“Estamos em uma das piores crises sanitárias da história do planeta e as pessoas estão tomando consciência, cada vez mais, da necessidade de prestar atenção na saúde. A hora é agora, vamos acelerar forte! O projeto 1.000 mulheres empreendedoras é apenas o começo”, afirma o fundador da empresa.

O projeto a que ele se refere, chamado de Clude Mulheres Empreendedoras, vai capacitar e
remunerar 1.000 mulheres para venderem os planos da companhia e serem comissionadas por isso. A expectativa de ganhos, após o primeiro ano, passa dos R$ 5.000 mensais, segundo os idealizadores.

“Vamos aumentar o investimento em mídia, aumentar nossa presença na rua e abrir novos canais de distribuição e parcerias. Temos coisas consideravelmente grandes engatilhadas”, diz Marcio.

O Clude é um cartão de saúde 360º que oferece um pacote de serviços de saúde e bem-estar através de assinaturas individuais (R$ 39,90 por mês) e familiares, (R$ 49,90 por mês), além de modalidades específicas para empresas.

O grande diferencial da healthtech é que todos os programas são integrados dentro de sua plataforma de monitoramento por inteligência artificial, que aciona uma equipe multidisciplinar caso identifique alguma anormalidade com a saúde do paciente.

N.F.
Revista Apólice

Deixe uma resposta