simple2u

Saiu hoje, 12 de fevereiro, a autorização temporária da Simple2u, que já pode começar a operar em todo o Brasil pelos próximos três anos. O aval da Susep (Superintendência de Seguros Privados) segue o previsto no Sandbox Regulatório, que fomenta um ambiente experimental para insurtechs e seguradoras poderem testar novas metodologias, processos, procedimentos ou tecnologias, sempre sob sua supervisão.

“É o primeiro passo do Grupo MAG para operar em ramos elementares e com portfólio 100% sob demanda. Vamos começar explorando, além do seguro de acidentes pessoais, também coberturas residencial e bicicleta”, contou Leonardo Lourenço, diretor da Simple2u, que já adiantou que a intenção é pedir a autorização permanente antes do fim dos 36 meses experimentais.

Os primeiros produtos têm previsão de lançamento em maio deste ano. A comercialização da Simple2u vai ser 100% online e um dos principais diferenciais é a possibilidade do cliente ativar e desativar as coberturas sempre que achar necessário.

N.F.
Revista Apólice

Deixe uma resposta