berkley

A recuperação da economia em 2021 conta com um importante aliado: o desenvolvimento das pequenas e médias empresas, as chamadas PMEs. Elas mostram força na retomada de postos de trabalho em todo o Brasil, movimentam os negócios e oferecem serviços cada vez mais diversificados. Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), as pequenas e microempresas geraram um total de 293,2 mil novos empregos no País apenas em 2020.

Para que as PMEs continuem a trazer bons resultados para a economia e se tornem cada vez mais sólidas, é importante ter um pacote de incentivos que seja atrativo e completo. Nesse cenário, além dos tradicionais benefícios, oferecer um seguro de vida é uma opção vantajosa tanto para o colaborador quanto para o pequeno empresário. Segundo dados da Susep (Superintendência de Seguros Privados), a receita do segmento teve crescimento de 13,9% em relação a dezembro de 2019, fechando o ano com alta de 11,3% em relação a 2019.

Para apoiar o fortalecimento das PMEs, a HDI Seguros, em parceria com a Icatu, lançou no ano passado o Vida PME. O seguro de vida é voltado para pequenas e médias empresas com, no mínimo, três e, no máximo, 499 funcionários. O produto também oferece coberturas básicas, adicionais e assistências que, somadas, contemplam até 14 opções de benefícios extras.

“A importância crescente das pequenas e médias empresas no cenário atual pede soluções que ajudem o segmento a demonstrar preocupação com a integridade física de seus funcionários, fortalecendo o relacionamento com a equipe e reduzindo a rotatividade. O Vida PME foi pensado para oferecer um serviço que resguarde, tanto o microempresário quanto o colaborador, de riscos críticos e imprevisíveis”, diz Mauricio Galian, vice-presidente técnico da HDI.

Para facilitar ainda mais a adesão das PMEs ao seguro, o produto possui uma combinação de coberturas e assistências funeral e empresarial para que cada empresa tenha a proteção ideal e que atenda às necessidades. Entre as coberturas, o pequeno empresário pode contar, por exemplo, com a cobertura de verba rescisória por morte, que, em caso do falecimento do segurado, garante à empresa uma indenização até o valor contratado para custear despesas com a rescisão deste colaborador e contratação de um novo funcionário. Importante lembrar também que as assistências oferecidas vão além do momento do sinistro e podem apoiar o funcionário em diversas ocasiões, como o kit natalidade, uma cesta com produtos higiênicos e alimentícios para a mãe e o bebê, que é entregue no nascimento do filho do segurado (a).

O HDI Vida PME também oferece a possibilidade de deduzir do Imposto de Renda os pagamentos efetuados com o seguro e permite a quitação dos débitos direto pela empresa (em caso de lucro real). A facilidade na hora da contratação é outra vantagem a favor do seguro, que permite alteração da quantidade de segurados sem a necessidade de enviar mensalmente a base atualizada de funcionários.

“Criamos um produto flexível que, além de ajudar as PMEs, evitando burocracia e entraves, reforça o papel consultivo do corretor de seguros, trazendo o profissional para mais perto dos clientes e promovendo um atendimento personalizado e que resulte na contratação do produto adequado às suas reais necessidades”, finaliza Galian.

N.F.
Revista Apólice

Deixe uma resposta