seguros

O investimento em tecnologia tem sido um dos grandes focos do mercado de seguros e deverá continuar assim ao longo de 2021. O mercado aposta em soluções que simplifiquem as atividades dos corretores de seguros e que melhorem a experiência dos clientes durante a jornada de atendimento. Além disso, a pandemia trouxe uma mudança significativa no comportamento dos brasileiros, sobretudo quando se fala em hábitos e necessidades da população.

Leonardo Freitas

O cenário para a economia global em 2021, especialmente para o ramo de seguros, se mostra construtivo. Nesse aspecto, o papel do corretor se torna ainda mais essencial e relevante, pois é ele quem deve acompanhar as transformações e estar ainda mais próximo desse novo consumidor. Leonardo de Freitas, diretor da Organização de Vendas do Grupo Bradesco Seguros, destaca cinco projeções para os corretores de seguros neste ano. Confira:

Amplie a consciência da população em torno do seguro

Há anos, um dos grandes desafios enfrentado pelo mercado segurador, para obter um crescimento exponencial, é a questão da consciência da população em torno da proteção, ou seja, o entendimento da importância do seguro em meio aos imprevistos. Entretanto, para Freitas, o cenário atual é propício para oferta de seguros ainda poucos explorados, pois a pandemia começou a despertar essa percepção dos riscos na população. “É comum que assim que uma pessoa compre um carro ela adquira um seguro de automóvel, mas a concepção de seguros vai muito além da proteção de bens e patrimônios, pois a segurança deve fazer parte de todos os momentos da vida. É por isso que existe uma linha ampla de produtos, pensados de acordo com os ciclos e necessidades de cada pessoa. O ramo de vida, por exemplo, engloba a proteção pessoal, familiar e educacional, sendo visto com um ótimo aliado em casos de doenças graves, despesas médicas e hospitalares e até mesmo em casos de desemprego”, destaca.

Esteja nos canais de vendas que o seu consumidor está

A tecnologia é capaz de trazer enormes ganhos de eficiência e produtividade, e todos têm a ganhar com isso: seguradora, corretor e cliente. Vivemos uma fase em que, como nunca antes, tudo se transforma em um ritmo extremamente veloz: os comportamentos e costumes; os métodos de trabalho/ estudo; e até mesmo o relacionamento entre as pessoas. “A tecnologia mesmo sendo um grande desafio para os corretores, também é uma grande oportunidade. Por isso, os profissionais precisam continuar adaptando-se as inovações e ao novo consumidor, que também está em constante transformação. De modo a entregar soluções de forma mais ágil, pensando nos mais variados canais em que um potencial consumidor pode estar”, ressalta o executivo.

Acompanhe as tendências do mercado

Em um momento de tantas transformações, a capacitação continua sendo necessária para que os corretores aprimorem novas habilidades e competências no mercado segurador. “É importante que o profissional se mantenha constantemente atualizado as novidades da área e as novas tecnologias e serviços do mercado, a fim de simplificar a rotina e tornar seus negócios mais produtivos e assertivos”, reforça Freitas.

Crie um relacionamento mais próximo e assertivo com o cliente

Em termos de comunicação com o cliente, é preciso investir em estratégias de aproximação; conhecer e entender o momento de vida do consumidor é essencial para entregar o produto certo. “Busque fortalecer ainda mais o relacionamento com os seus clientes, converse para compreender a situação de cada indivíduo; seja claro, objetivo e sempre demonstre uma postura empática, independente do momento. Afinal, a missão do corretor é proteger, amparar e apoiar o cliente com eventualidades e imprevistos”, afirma o executivo.

Ofereça uma experiência de consultoria personalizada

Os corretores que possuem resultados mais significativos em suas vendas são aqueles que focam suas energias em gerar valor para o consumidor a todo o tempo. Trata-se de ir além de oferecer produtos, mas sim soluções. Opiniões, anseios e necessidades do cliente devem ser levadas em consideração. “Planejamento, comprometimento e adaptabilidade as novas tecnologias são palavras vitais para o desenvolvimento de novos negócios. Para isso, é necessário que o corretor ofereça uma experiência de consultoria personalizada e em diferentes plataformas de atendimento”, finaliza Freitas.

N.F.
Revista Apólice

Deixe uma resposta