seguro

O seguro compreensivo é conhecido popularmente como seguro total cobre os principais eventos que acontecem com as chuvas de verão. Entre os eventos podemos destacar as inundações, alagamentos e quedas de árvores. Segundo números da TEx, 95% dos clientes contratam o seguro completo.

Entretanto, Genildo Dantas, gerente de inteligência de dados da insurtech, ressalta que as seguradoras não cobrem quando o segurado se arrisca. “A seguradora pode recusar o sinistro se o veículo estava em um local seguro e tentou atravessar uma área já alagada”, afirma.

Outro ponto elencado pelo executivo é em relação ao custo para recuperar o veículo e o valor da franquia. “Para um veículo Onix 0Km, por exemplo, a franquia é de R$ 3.300,00. Portanto, só é possível acionar a seguradora se o gasto for superior a esse valor”, revela

Uma questão interessante, se tratando de chuvas e temporais, é saber se a seguradora oferece a limpeza do veículo nos casos em que ficou abaixo da franquia. “A limpeza é cara e precisa ser realizada por uma empresa especializada, uma vez que precisa desmontar, limpar, secar e montar várias partes do veículo”, explica Dantas.

Nos casos em que o seguro é somente de Roubo e Furto não há cobertura para esses tipos de eventos. “Em algumas situações é possível contratar a cobertura de Indenização Integral junto com Roubo e Furto, mas nesse caso só vai cobrir eventos de Perda Total, onde não é possível recuperar o veículo”.

Uma curiosidade destacada por Dantas é que não há cobertura quando esses eventos ocorrem com água salgada, ou seja, aqueles que são ocasionados pelo aumento do nível do mar ou das ondas.

“É muito importante que o cliente e corretor avaliem os riscos das chuvas, principalmente se o cliente trafega ou mora próximo de regiões que costumam alagar”, ressalta o executivo.

N.F.
Revista Apólice

Deixe uma resposta