berkley
José Marcelino Risden

A Berkley Brasil Seguros anunciou a saída do executivo José Marcelino Risden do Conselho Consultivo da seguradora.

Após iniciar com a operação em 2006 e liderar a empresa por mais de 12 anos, Marcelino decidiu se dedicar a novos projetos pessoais. O executivo comenta que apesar de já haver vivido a experiência de inaugurar outras seguradoras no Brasil, o convite formulado pela companhia foi um desafio muito grande na época e motivo de orgulho. “A aprovação da Susep para o início das atividades da seguradora foi publicada em janeiro de 2006 e nossa primeira apólice foi emitida em março daquele ano. Até hoje mantenho um quadro daquela apólice em minha sala, a apólice nº 0001 da Berkley Brasil Seguros”, diz Marcelino.

Marcelino comenta que como a marca da companhia era desconhecida no Brasil no início de sua operação, desafios naturais apareceram. Contudo, rapidamente, a seguradora começou a ter sucesso em sua empreitada, graças a equipe de profissionais e a implementação de ferramentas que permitiram oferecer processos ágeis e serviços de qualidade. “Certamente, o fator de maior sucesso foi, e ainda é, o apoio dos corretores de seguros, que sempre foram o grande canal de distribuição da empresa”, completa o executivo.

Luciano Calheiros, CEO da Berkley, após 6 meses na liderança da seguradora afirma que a contribuição de Marcelino foi fundamental para a consolidação da operação e a reputação da empresa no Brasil. “Isso é fruto do trabalho e comprometimento de Marcelino, junto com toda a diretoria. Desejo a ele muito sucesso e sei que continuaremos nos falando e nos encontrando nos eventos do setor”, diz Calheiros.

Eduardo Llobet, Presidente e CEO da Berkley International Latinoamerica, também ressalta o papel do executivo. “A história de sucesso da companhia teve a participação direta de Marcelino. Agradeço a ele pelos anos de dedicação a corporação”.

Como uma mensagem de agradecimento, Marcelino enaltece o apoio, parceria e confiança dos corretores que sempre acompanharam e acreditaram na empresa. “Sem esses corretores jamais teríamos atingido nossos objetivos”, comenta. “Aos colaboradores, meu mais profundo e sincero agradecimento pela colaboração, empenho e comprometimento em todos os momentos que lutamos para fazer com que a companhia alcançasse o lugar de destaque que tanto merece”.

N.F.
Revista Apólice

Deixe uma resposta