mapfre

A Mapfre registrou aumento de 28% no volume de prêmios de seguro Garantia Estendida no comparativo de 1º a 30 de novembro deste ano com o mesmo período de 2019, atingindo o montante de cerca de R$ 15,7 milhões. Os números compreendem a época das vendas da Black Friday, data emblemática para o varejo brasileiro.

Na liderança dos produtos mais segurados no período ficaram os celulares (+13%), seguidos por fones de ouvido (+8%), liquidificadores (+7%), grills e sanduicheiras, televisores, cortadores de cabelos e aparadores de pelos, fritadeiras (todos com aumento de 4%), tablets, ventiladores e circuladores (+3% cada) e brinquedos (+2%).

Patricia Siequeroli, diretora de Seguros Gerais da Mapfre, avalia que os números revelam um cenário de retomada do consumo pelos brasileiros. “Nossos resultados também comprovam que houve uma retomada significativa de consumo de produtos eletroeletrônicos pela população em decorrência da Black Friday, mesmo após o impacto financeiro causado pela pandemia da Covid-19″, comenta. “Para se ter uma ideia, quando fizemos um recorte da última quinzena de novembro comparada ao mesmo período de outubro, constamos um aumento de prêmios de 74% em seguro Garantia Estendida”, aponta.

A executiva observa que o panorama mostra também a conscientização dos consumidores sobre a importância do produto garantia estendida. “Com uma grande parcela de pessoas trabalhando em suas residências em decorrência da quarentena, a utilização de eletrônicos ou eletrodomésticos aumentou, gerando mais desgastes dos componentes”, afirma. “O consumidor que não possuía garantia estendida no período teve que arcar com os reparos de eventuais defeitos do próprio bolso, enquanto o cliente que possuía coberturas contratadas evitou despesas indesejadas que não estavam planejadas, sem impacto em seus orçamentos domésticos. De qualquer forma, em ambos os casos ficou evidente que houve aumento na percepção sobre a necessidade da contratação do seguro garantia estendida no ato da compra de um novo produto eletroeletrônico”, ressalta.

N.F.
Revista Apólice

Deixe uma resposta