A XP Seguros acaba de lançar o Trend Pós II XP Seg, um plano de previdência com taxa zero de administração. Já disponível nas plataformas digitais da companhia e aberto a todos os tipos de investidores, trata-se de um veículo previdenciário passivo de Renda Fixa, que vai replicar o retorno da taxa Selic através da compra de LFT’s e realização de operações compromissadas. Com o lançamento de um produto sem taxas, a empresa busca proporcionar uma alternativa mais atrativa em um cenário econômico de juros baixos.

“Esse é um produto de fácil acesso, por ter aporte inicial e mensal de valor reduzido. O Trend Pós II XP Seg pode ser tanto a porta de entrada para investidores começarem suas carteiras de previdência, quanto para investidores mais experientes, por funcionar como um “porto seguro” em momentos de estresse de mercado”, afirma Roberto Teixeira, sócio da organização.

O diferencial competitivo de um produto de previdência sem taxas pode ser visto a partir de um levantamento desenvolvido pela XP. Hoje existem 187 fundos da categoria de Renda Fixa, cujo Patrimônio Líquido investido em LFT’s e Operações Compromissadas está acima dos 50%. Esses fundos possuem Patrimônio Líquido equivalente a aproximadamente R$470 Bilhões (cerca de 50% de todo o mercado nacional), com uma Taxa de Administração Média de 1,12%. Na prática, isso significa um rendimento inferior a 50% da Selic. A soma anual das taxas de administração para esses fundos chega a R$5,2 Bilhões.

“Atualmente os investimentos em previdência na renda fixa são concentrados em ativos que cobram altos custos e baixa rentabilidade. Por longos períodos, essa reserva de aposentadoria vem sendo prejudicada e comprometendo o futuro dos investidores. O momento é o mais adequado para buscar novas opções que sejam apropriadas e não comprometam os recursos investidos”, diz o executivo.

A aplicação mínima inicial é de R$1.000,00 e a contribuição mensal parte de R$100,00. O saldo mínimo de permanência também é de R$100,00, com liquidação do resgate em até um dia útil. “O produto também é indicado para pessoas mais velhas, que estão próximas de utilizar os recursos e busquem por uma opção de menor risco e volatilidade”, completa Teixeira.

N.F.
Revista Apólice

Deixe uma resposta