13/08/2022

Seguro pode ajudar a manter os estudos em momentos de crise

ens

Sinistros escolares, acidentes dentro e fora da escola, pais que perderam renda, escolas particulares que perderam receita e professores em home office são algumas das situações atuais no âmbito do universo educacional que necessitam de atenção de pais, estudantes, corretores de seguros, companhias seguradoras e de todo o ambiente escolar. Afinal, são mais de 56 milhões de estudantes no Brasil, de acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Para isso, o seguro é um aliado fundamental.

No meio da pandemia, existem oportunidades de proteção de eventuais riscos. É o que afirma Luiz Longobardi Junior, diretor de Operações e Mercado da Rede Lojacorr. “Cada uma dessas situações citadas acima possui um determinado tipo de produto segurador e requer cuidado nas explicações, para que o cliente entenda o que está ou não na apólice e que pode ser item de inclusão no pedido e avaliação da companhia”, explica o executivo.

O Seguro Educacional é destinado aos responsáveis financeiros dos educandos com as principais coberturas de morte, invalidez e renda mensal temporária por perda de emprego. Já o Seguro Escolar tem como segurados os próprios alunos, sendo as principais coberturas morte acidental, invalidez permanente total ou parcial por acidente, despesas médicas hospitalares e odontológicas.

Segundo o diretor Técnico da Previsul, Thiago Soares, nesses últimos meses, o produto mais procurado desses ramos pelos clientes da companhia foi o Escolar, contratado pelas instituições de Ensino Regular. “A companhia foi a primeira seguradora a autorizar indenizações ocasionadas devido à Covid-19 para atender possíveis demandas. O seguro é um excelente recurso para que tenhamos mais tranquilidade em um momento delicado como esse”, afirma.

Johnson Zonta, especialista de Vida da Região Sul do PR da Liberty Seguros, explica que a companhia possui um produto do ramo, estipulado pelas escolas, nos moldes de seguro coletivo. A maior procura por esse item é a partir do mês de setembro de cada ano, que é quando as instituições de ensino montam as planilhas de custos para o ano seguinte. Para ele, as companhias seguradoras estão atentas, no caso do ramo Educacional, em relação à situação econômica do brasileiro e o desemprego especificamente em 2020 por conta da pandemia e suas consequências.

O Seguro Escolar da Centauro-ON é um produto que cobre acidentes ocorridos dentro das instituições, nos eventos promovidos pela escola, no trajeto casa-escola-casa ou opcionalmente 24h. Possui rede credenciada, que facilita o atendimento na ocorrência de um acidente. “Durante a pandemia, houve uma grande demanda de escolas contratando o seguro com a cobertura 24h, que cobre acidentes, mesmo com os alunos em home office. Em qualquer época do ano o cliente pode contratar o produto para proteger os alunos e colaboradores das instituições”, explica Alessandra Bavia, superintendente Comercial da companhia.

N.F.
Revista Apólice