dpvat

Visando dar total transparência sobre a gestão do Seguro DPVAT e todas as ações contínuas de melhoria realizadas pela companhia em prol da sociedade, a Seguradora Líder lança, nesta sexta-feira (27), para consulta pública, um painel de dados estatísticos com informações sobre o combate às fraudes contra o seguro: o Fraudômetro. Com dados desde janeiro de 2019, o painel aponta para um número impressionante: nos últimos 22 meses foram evitadas perdas à sociedade de mais de R$ 67 milhões, com a atuação centralizada da empresa na detecção e combate às fraudes.

Na página é possível acompanhar a evolução das fraudes identificadas e evitadas, mês a mês, desde janeiro de 2019; o ranking de fraudes detectadas por Estado; os tipos de fraudes mais comuns; e as notícias publicadas sobre a ação combativa da seguradora. Além disso, são apresentados também dados sobre prisões, sentenças condenatórias, condenados e cassações/suspensões de registros, resultantes das notícias-crime endereças pela companhia aos órgãos competentes.

A superintendente de Combate à Fraude da Seguradora Líder, Mariza Trancho, ressalta a importância deste trabalho para a sociedade: “As fraudes ao DPVAT lesam tanto o seguro quanto a população, já que este é um benefício de amparo às vítimas do trânsito que atende aos mais de 211 milhões de brasileiros em território nacional. Desta forma, temos o compromisso social de informar à sociedade sobre todas as medidas antifraude que têm sido adotadas e os resultados deste trabalho”, aponta a executiva.

De janeiro de 2019 a outubro de 2020, as ações estratégicas que fazem parte do programa de tolerância zero às fraudes da Seguradora Líder identificaram mais de 9.800 fraudes ao DPVAT, evitando perdas de dezenas de milhões para toda a sociedade brasileira. Entre os estados com mais tentativas de fraudes computadas até o momento, o Ceará se destaca com o maior número de ocorrências identificadas (mais de 2.000).

Para o combate às ações fraudulentas contra o DPVAT, a Líder utiliza tecnologia de vanguarda com sistemas avançados na detecção de fraudes, aumentando a eficácia de prevenção por meio de modelos matemáticos e inteligência artificial. Os casos considerados merecedores de apuração mais detalhada são enviados para uma equipe que investiga in loco a existência de irregularidades, garantindo que as indenizações sejam pagas aos reais beneficiários do seguro.

Com o compromisso de combater as condutas antiéticas que lesam tanto o seguro DPVAT quanto a população, sempre que uma fraude é detectada, a seguradora encaminha uma notícia-crime ou uma representação disciplinar aos órgãos competentes, visando a punição dos fraudadores.

O painel de dados pode ser acessado no link.

N.F.
Revista Apólice

Deixe uma resposta