liberty

A HDI Seguros reforçou o compromisso com a mobilidade por meio da oferta dos produtos HDI Fit e HDI Flex para motoristas de aplicativos de transporte. Direcionados também para novos segurados e clientes de renovações congêneres, as duas opções oferecem proteção a condutores que utilizam os próprios carros para prestação do serviço pelo Uber e pela 99, especificamente na categoria Pop.

Com a pandemia e a crise econômica decorrente dela, muitos brasileiros encontraram nesses apps uma forma de manter a renda familiar. Essa solução vai ao encontro de uma realidade expressiva para a população que não possui carro próprio. De acordo com pesquisa Datafolha, publicada em outubro deste ano, o uso de aplicativos é uma das principais escolhas de locomoção durante a pandemia dos brasileiros que buscam alternativas mais seguras que o transporte público.

O levantamento indica, por exemplo, que 61% da população acredita que o hábito de utilizar corridas por aplicativos vai aumentar. Especificamente na região metropolitana do Rio de Janeiro, 51% das pessoas consideram os aplicativos de mobilidade como o meio de transporte mais seguro. Em meio a esse período, os seguintes critérios são considerados pelos brasileiros os mais importantes na hora de escolher um meio de transporte: grau de aglomeração (29%), segurança que o transporte oferece (20%) e, empatados com 14%, facilidade de acesso ao meio e risco de contaminação.

Com a expectativa positiva em relação à demanda por corridas nos apps, os motoristas devem buscar proteção e segurança em seguros adaptados às necessidades mais básicas e que ofereçam flexibilidade para o segurado escolher as coberturas de que realmente precisa. O HDI Fit, por exemplo, é uma solução modelar e simplificada que oferece cobertura básica de Incêndio, Roubo e Furto, com a possibilidade de se adicionar Indenização Integral por Colisão. Já o HDI Flex possibilita ao cliente poder montar o seguro de forma personalizada, com coberturas simplificadas, como Colisão e Incêndio e com a possibilidade de adicionar Roubo e Furto e ainda, em caso de sinistro de batida que resultar em danos parciais, a franquia terá um desconto se o segurado optar pelo reparo em oficina de rede referenciada. Ambos os produtos contam com valores competitivos e permitem ainda a possibilidade de contratação de coberturas adicionais e o pacote de assistência 24h, que traz serviços como chaveiro, auto-socorro, troca de pneus entre outros.

“Desde que redefinimos nosso eixo de atuação no mercado passamos a levar em conta as necessidades mais simples da vida das pessoas, sendo a mobilidade um desses pilares”, explica Marcelo Moura, diretor de Auto, Massificados e Analytics da companhia. “O resultado é o desenvolvimento e o aprimoramento de soluções inteligentes, capazes de se adaptarem aos mais recentes contextos sociais e econômicos, e humanizadas, que proporcionam mais segurança aos novos hábitos de consumo”, afirma o executivo.

Existem hoje cerca de um milhão de motoristas de aplicativo no Brasil, com uma média de 200 mil entrantes por ano. A atividade exerce papel relevante na atenuação da taxa de desocupação de trabalhadores e representa uma importante fonte de renda no atual período de instabilidade econômica vivido no País. Para reforçar o papel consultivo, o corretor pode aproveitar o momento de renovação e oferecer esses produtos tanto a clientes que estejam em um momento de dificuldade, a fim de que não fiquem sem proteção a seu carro, quanto para aqueles que mudaram de profissão e trabalham atualmente como motoristas de aplicativo. “É importante lembrar que nos momentos de crise a segurança e o respaldo que o seguro oferece podem ser ainda mais significativos, já que o segurado pode ficar tranquilo em relação a gastos extras”, ressalta Moura.

N.F.
Revista Apólice

Deixe uma resposta