Simplificar o entendimento do seguro e melhorar a percepção do cliente a respeito do produto que está comprando. Estas são algumas das vantagens dos produtos Alfa Sem Franquia, desenvolvidos pela Alfa Seguros com o objetivo de levar ainda mais facilidade aos corretores e segurados.

“No momento da indenização, a aplicação da franquia muitas vezes gera um descontentamento do cliente que se atenta para esta condição somente quando um sinistro ocorre. Pensando em tornar mais simples a contratação do seguro e facilitar o entendimento do consumidor ao receber uma indenização no momento de um sinistro, a companhia retirou, para algumas atividades do Seguro Patrimônio, as franquias de todas as coberturas. O produto abrange as atividades APARTAMENTO, no Residencial; e CONSULTÓRIOS, ESCRITÓRIOS, CORRETORES DE SEGUROS E ESCOLAS no seguro Empresarial”, afirma Fábio Luciano, gerente geral de Ramos Elementares da empresa.

De acordo com o executivo, a novidade simplifica a venda e a própria regulação de um eventual sinistro. “Informar ao cliente, no momento da regulação de um sinistro, que o valor a ser indenizado não sofrerá desconto pela aplicação da franquia facilita o entendimento do segurado e não gera desgaste. É comum o consumidor associar a aplicação da franquia ao prêmio do seguro e entender isso como uma penalidade que não esperava ao invés de uma condição prevista em contrato”, diz.

Ele exemplifica uma situação em que a solução pode ser percebida: “Imagine um dano elétrico no escritório que resulte num prejuízo de R$ 1.000,00. Se a apólice tradicional possuir uma franquia de R$ 500,00, o cliente receberá somente a metade do valor total de prejuízo. O descontentamento seria natural. Na seguradora, o segurado receberia 100% do valor do prejuízo sem qualquer dedução pela aplicação da franquia”.

Na visão do executivo a solução traz um bom argumento de venda para o corretor e, claro, ainda mais oportunidades para os profissionais da categoria.

“Este diferencial facilita a venda no que se refere ao entendimento do seguro, já que o corretor não precisa explicar como se dará a aplicação da franquia no momento de um sinistro, e, principalmente, evita desgaste nesta hora. O parceiro sabe o quanto é complicado explicar para seus clientes o que é e como funciona a franquia. Ter a oportunidade de ofertar um seguro ciente de que esta dor de cabeça não existirá, garante uma venda sem surpresa se um imprevisto acontecer e o segurado questionar a dedução da indenização pela aplicação da franquia”, ressalta Fábio.

N.F.
Revista Apólice

Deixe uma resposta