Muitas vezes associado como um amparo à família em caso de falecimento, o seguro de vida é peça fundamental no planejamento financeiro ao proporcionar tranquilidade para viver o hoje, apoiar as pessoas em contratempos, além de evitar gastos inesperados.

“Apenas duas das coberturas do nosso seguro de vida são destinadas a situações de morte: a indenização em caso de falecimento e assistência funeral. Todas as outras funcionam como uma proteção para a vida”, afirma Fernanda Pasquarelli, diretora de Vida e Previdência da Porto Seguro.

Embora a percepção sobre este tipo de seguro ainda seja de benefícios para os dependentes, uma pesquisa realizada pelo Instituto Ilumeo para o Porto Seguro Vida e Previdência revelou que a motivação para contratar o produto aumenta quando os consumidores são informados sobre as coberturas que podem ser utilizadas durante a vida. Quase 90% dos entrevistados concordaram com a importância desse tipo de proteção e 56% tencionaram contratar uma apólice visando à proteção em vida. “Não sabemos o que nos espera. Acidentes podem acontecer ou doenças podem aparecer, e contar com um seguro de vida nesses casos faz toda a diferença”, completa Fernanda.

Confira três benefícios do seguro de vida para a vida:

Cobertura de doenças graves

O seguro oferece um pacote de coberturas para diversas doenças graves, entre elas câncer, paralisia de membros, esclerose múltipla, Alzheimer e Parkinson. Desta maneira, o cliente pode custear o tratamento, pagar suas contas ou fazer o que quiser com os recursos recebidos nessas situações. Os valores contratados para as demais coberturas continuam vigentes.

Garantia de pagamento de transplantes

Quem contrata um seguro de vida também tem a garantia de pagamento de procedimentos para a realização de 11 tipos de transplantes, o que torna o produto mais completo.

Reposição de perda financeira em caso de afastamento do trabalho

A cobertura de DIT (Diárias por Incapacidade Temporária) possibilita que o cliente reponha sua perda financeira caso precise se afastar do trabalho por doença ou acidente até que ele volte a trabalhar. A cobertura é válida para 250 profissões, incluindo o microempreendedor individual (MEI). Os valores das diárias podem chegar até R$ 1300, com o limite de R$ 39 mil por mês.

N.F.
Revista Apólice

Deixe uma resposta