Um dos maiores desafios das companhias é atrair bons profissionais e mantê-los motivados. Mas, para reter esses funcionários, não basta reconhecer habilidades e garantir um bom salário. Um levantamento feito pela Robert Half, empresa de recrutamento especializado, aponta que o pacote de benefícios é o segundo item mais visado pelos profissionais que participam de um processo seletivo, ficando atrás apenas da possibilidade de crescimento dentro das organizações para as quais se candidatam.

Dentro desse pacote está o seguro de vida empresarial (também conhecido como seguro de vida coletivo ou seguro de vida em grupo), um dos mais importantes benefícios oferecidos pela área de Recursos Humanos. Isso porque combina proteções e assistências, tanto para a companhia quanto para os funcionários.

Fernanda Pasquarelli

“O produto traz segurança para os colaboradores, proporcionando apoio financeiro para si e para seus familiares em situações inesperadas que podem causar afastamento do trabalho, como acidentes e invalidez”, afirma a diretora de Vida e Previdência da Porto Seguro, Fernanda Pasquarelli.

O seguro de vida empresarial também ajuda as empresas a reduzirem a rotatividade de funcionários e os gastos com demissões e contratações. Ao declarar o Imposto de Renda e optar pelo Lucro Real, o empresário ainda consegue deduzir até 100% do valor do seguro como Despesa Operacional.

“As coberturas são amplas e, por esse motivo, reforçamos sempre que o seguro de vida empresarial deve ser considerado como um investimento entre as corporações”, ressalta a executiva.

N.F.
Revista Apólice

Deixe uma resposta