A Telemedicina tem ganhado cada vez mais espaço e adeptos em todo o mundo. Essa adesão ao serviço está ligada aos constantes avanços na área da saúde e pelas facilidades tecnológicas que encontramos disponíveis atualmente, o que nos possibilita a troca de informações por diferentes meios de comunicação, tendência que já estava em evolução e que ganhou força com a chegada da pandemia.

As soluções de telemedicina do PASI chegam para as empresas e seus colaboradores através das modalidades que compreendem a Teleconsulta Médica por Vídeo, Orientação Médica por Telefone e Assistência Farmacêutica. Todos os serviços serão prestados por profissionais da área de saúde: médicos, enfermeiros e farmacêuticos. A partir de R$0,50 já é possível incluir alguma das soluções disponíveis e começar a cuidar da saúde de forma remota, rápida e segura, garantindo acesso ao atendimento sem que o segurado tenha que se deslocar a hospitais, clínicas ou consultórios.

De acordo com André Araújo, gerente de Relações Institucionais da empresa, “os serviços de telemedicina vêm para complementar os cuidados com a saúde dos segurados e consequentemente podem diminuir os custos das empresas, ao minimizar eventuais imprevistos causados por enfermidades. As assistências surgem como uma alternativa para as empresas que querem oferecer uma solução de saúde, mas que eventualmente não conseguem oferecer um plano de saúde para seus colaboradores”.

Os atendimentos realizados através dos serviços da telemedicina seguirão as normas vigentes pelo Conselho Federal de Medicina (CFM). O serviço pode contemplar o atendimento pré-clínico, de suporte assistencial, de consulta, monitoramento e diagnóstico. O profissional médico prestará atendimento remoto, incluindo, caso necessário, a prescrição de medicamentos e encaminhamento para exames. Os casos que não puderem ser atendidos por teleconsulta serão orientados para procurar atendimento de urgência/emergência nos hospitais mais próximos.

O atendimento remoto permite que os segurados tenham acesso à uma medicina de qualidade a um custo acessível, promovendo o contato entre médico e paciente em situações que não seja possível uma locomoção. “Através dos atendimentos, informações e aconselhamentos sobre saúde chegam a todos, promovendo qualidade de vida, o que reflete diretamente no crescimento da empresa e que no final tem muito valor para todos os envolvidos”, destaca Araújo.

Leia mais: PASI lança Seguro de Acidentes Pessoais Temporário

N.F.
Revista Apólice

Deixe uma resposta