A Brasilprev apresentou os dados do balanço do primeiro semestre de 2020, que aponta um crescimento de 7,3% em ativos sob gestão, mesmo diante do período desafiador da pandemia da covid-19. Enquanto em junho do ano passado a companhia registrava R$ 274,9 bilhões no indicador, o valor em junho de 2020 apresentou aumento para R$ 294,9 bilhões. Com o resultado, a empresa segue na liderança do setor, com uma participação de 30% no mercado.

“Como todos acompanharam, o primeiro semestre deste ano foi fortemente impactado pela pandemia, ocasionando incertezas e alta volatilidade no mercado financeiro como um todo entre o final de março e a metade de abril”, comenta o presidente da organização, Marcio Hamilton. “Por mais que esse movimento tenha destacado o sentimento de aversão ao risco de alguns clientes, a Brasilprev seguiu em plena atividade, levando assessoria por meio de comunicação para direcionar os participantes às melhores decisões. O resultado dessa iniciativa veio com a recuperação já nos meses de maio e junho, além de julho se consolidar como o período com o melhor resultado do ano, com a antecipação da conquista dos R$ 300 bilhões em ativos sob gestão”, diz o executivo.

Nelson Katz, diretor de Planejamento e Controle, comenta sobre os resultados. “Outros dados importantes do balanço semestral foram o lucro líquido de R$ 443,9 milhões, registrados no período, e o valor de R$ 17,0 bilhões em arrecadação total. Esses resultados, embora menores que os apresentados no exercício passado, nos mostram a resiliência da maioria dos clientes em relação ao cenário econômico e a efetividade das ações de consultoria”, afirma o diretor. “O período foi um momento de muita reflexão, trabalho e aprendizado, o que nos fortaleceu para entregar resultados consistentes e crer em um segundo semestre com desempenho superior ao primeiro”, completa Katz.

Leia mais: Brasilprev anuncia novo superintendente de Gestão Estratégica

N.F.
Revista Apólice

Deixe uma resposta