Após o “ciclone bomba” que atingiu a região Sul do Brasil, afetando 171 cidades, a AXA implementou um plano de contingência para atender e apoiar corretores e segurados. Com mais de 80 bases de atendimento na região, a companhia orientou todos os prestadores, preparando-os para deslocar vistoriadores de bases vizinhas caso necessário, além de reforçar a atuação da Vistoria Remota para agilizar os processos e garantir o atendimento do segurado. Para condomínios, a seguradora disponibiliza assistência 24 horas para serviços emergenciais.

“Estamos trabalhando de forma conjunta com as áreas de prestadores de serviços, riscos, e comercial para garantir uma atuação integrada e que garanta o bom atendimento do segurado e do corretor por quaisquer meios que ele venha a nos acessar. Com reportes diários, as equipes estão preparadas para orientar clientes e responder rapidamente às ocorrências, mitigando as perdas” afirma Arthur Mitke, diretor de Sinistros da empresa.

Até o momento, dos sinistros comunicados à seguradora, houve maior incidência nos ramos de Condomínio (55%), Empresarial (32%) e Property (12%). “A interação entre os times e a troca constante de informação contribui para que possamos atender à todos, priorizando os clientes afetados e a indenização dos prejuízos. Mobilizamos nossos especialistas e parceiros para atender os corretores e os clientes e permitir que retomem seus negócios e atividades o quanto antes”, diz Antonio Viana, superintendente Comercial da região Sul da companhia.

Leia mais: AXA anuncia ampliação de limite no Condomínio Flex

N.F.
Revista Apólice

Deixe uma resposta